Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Os principais municípios escolhidos pelos turistas (residentes ou não) para dormir no 1º semestre

INE
INE
Autor: Redação

O turismo continua em alta em Portugal, nomeadamente em Lisboa, que concentrou – o município – um quarto das dormidas de não residentes no país no primeiro semestre, revelou esta quarta-feira (14 de agosto de 2019) o Instituto Nacional de Estatística (INE). 

“A Lisboa corresponderam 17,6% do total das dormidas em junho, quota que sobe para 21,3% no período de janeiro a junho. Neste período, as dormidas de não residentes representaram 83,6% do total de dormidas no município, tendo concentrado 25% do total das dormidas de não residentes no país”, lê-se no site do INE.

Albufeira “apresentou pesos de 14% do total das dormidas em junho e de 11,6% desde o início do ano”, concluiu o INE, salientando que, “neste período, as dormidas de não residentes representaram 82,2% do total neste município e corresponderam a 13,4% do total nacional de dormidas de não residentes”.

O Funchal, Madeira, representou 6,4% das dormidas totais em junho e 8,1% no primeiro semestre. “Neste município, 89,8% das dormidas registadas desde o início do ano foram de não residentes”, conclui o INE. 

De referir ainda que no Porto registaram-se 5,9% das dormidas totais em junho e 6,6% do total desde o início do ano, sendo que os não residentes representaram 81,5% das dormidas registadas no conjunto do primeiro semestre.