Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Empréstimos para a compra de casa em máximos de sete anos

Gtres
Gtres
Autor: Redação

Os bancos continuam a abrir a torneira do crédito para a compra de casa. As novas operações de empréstimos contraídos por particulares para habitação alcançaram os 783 milhões de euros em novembro do ano passado, o valor mais alto em sete anos, segundo dados divulgados pelo Banco de Portugal (BdP).

A nota de informação estatística revela que as novas operações de financiamento para habitação, consumo e outros fins totalizaram 783 milhões (máximo desde dezembro de 2010), 418 milhões (máximo desde junho de 2006) e 151 milhões de euros, respetivamente. A taxa de juro média para empréstimos a particulares aumentou ligeiramente, para 1,54%.

Segundo os dados do BdP, o volume de novos empréstimos concedidos a sociedades não financeiras em novembro foi de 2.523 mil milhões de euros, acima dos 2.194 mil milhões de euros verificados em outubro. Já a taxa de juro média dos novos empréstimos concedidos a estas sociedades baixou em novembro para um novo mínimo histórico: 2,58%.