Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Dezembro chega sem alterações na prestação da casa

Autor: Redação

O mês de dezembro é, em regra, um mês de maiores gastos - as prendas e festas de natal.... a passagem de ano.... mas este ano há uma boa notícia: as prestações da casa pagas ao banco ficam quase inalteradas no último mês de 2018. Se tens um crédito à habitação indexado às taxas Euribor vais ficar a pagar basicamente o mesmo. Em novembro, a média da taxa Euribor a seis meses foi de -0,257% (contra -0264% em outubro) e a média da taxa a três meses de -0,316% (face a -0,318% em outubro). 

As Euribor são o principal indexante em Portugal nos contratos bancários que financiam a compra de casa. A taxa a seis meses é a mais usada, seguida da taxa a três meses. Uma vez que estes indexantes têm variado pouco, as prestações bancárias têm-se mantido praticamente inalteradas.

Por exemplo, um cliente com um empréstimo no valor de 150 mil euros a 30 anos, indexado à Euribor a seis meses com um 'spread' (margem de lucro do banco) de 1%, passa a pagar 464,96 euros, mais 47 cêntimos face a junho, segundo cálculos feitos para a agência Lusa pela Deco/Dinheiro&Direitos.

No caso de um empréstimo nas mesmas condições, mas indexado à Euribor a três meses, o cliente passará a pagar 461 euros, neste caso mais 14 cêntimos do que pagava desde a última revisão, em setembro, de acordo com a simulação citada pela agência de notícias.