Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Prestação da casa

Últimas notícias sobre "Prestação da casa" publicadas em idealista.pt/news

Radiografia do dia: Evolução da prestação da casa nos últimos anos

Más notícias para quem pediu dinheiro emprestado ao banco para comprar casa. Segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), em março, a taxa de juro implícita no conjunto dos contratos de crédito à habitação situou-se em 1,445%, mais 0,013% que no mês anterior.

Notícia sobre:

Prestação da casa cai para o valor mais baixo de sempre - cortes atingem todos os prazos

Outubro traz boas notícias para todas as famílias portuguesas que pediram dinheiro emprestado ao banco para comprar casa. A prestação vai baixar para todos os contratos de crédito à habitação independentemente  do indexante associado, nomeadamente Euribor a 3, 6 ou 12 meses. Será, de resto, a mais baixa de sempre.

Notícia sobre:

Prestação da casa desce em agosto para Euribor a 3 e 6 meses - e há um novo mínimo histórico

Agosto traz boas notícias para quem pediu dinheiro emprestado ao banco para comprar casa. A maioria das famílias vai sentir um alívio com os encargos da prestação, nomeadamente os clientes com crédito à habitação indexado às taxas Euribor a três e a seis meses, que vão cair 2,73% e  0,72%, respetivamente. A Euribor a três meses regista, de resto, aquela que é a maior queda em quase oito anos, atingindo um mínimo histórico. Já nos créditos a 12 meses os encargos ficam quase inalterados.

Notícia sobre:

Prestação da casa sobe em julho para contratos com Euribor a 3 e 6 meses

A prestação paga pelos clientes ao banco pelo crédito à habitação vai subir em julho nos contratos com Euribor a três e seis meses, face às últimas revisões, segundo simulação da Deco/Dinheiro&Direitos. As taxas Euribor são o principal indexante em Portugal nos contratos bancários que financiam a compra de casa. A Euribor a seis meses é a mais usada, seguida da taxa a três meses.

Notícia sobre:

Moratórias de crédito à habitação: muitas privadas serão revistas e transferidas para o regime público

O prolongamento, até 31 de março de 2021, da moratória que permite suspender o pagamento das prestações dos empréstimos bancários, nomeadamente do crédito à habitação, é uma espécie de balão de oxigénio para as famílias, em tempos de pandemia da Covid-19. Muitas serão, no entanto, chamadas a rever as moratórias que já lhes foram atribuídas, em concreto aqueles agregados que tinham moratórias privadas e que passam agora a estar abrangidos pelas moratórias públicas.

Notícia sobre:

Banca inundada de pedidos de moratórias – crédito à habitação lidera procura

Os bancos receberam quase 570 mil pedidos de moratória, até ao final de abril, sendo que 90% destes pedidos foram aprovados. A maioria dos pedidos, cerca de dois terços (345.551 contratos), está integrada no regime da moratória pública, sendo que o adiamento do pagamento da prestação da casa (crédito à habitação) lidera a procura. Em causa estão dados revelados esta quinta-feira (21 de maio de 2020) pelo Banco de Portugal (BdP) 

Notícia sobre:

Taxas de juro dos empréstimos da casa continuam a descer

O mercado do crédito à habitação em Portugal continua praticar baixas taxas de juro. E nas novas operações de financiamento para a compra de casa fechadas em janeiro de 2020, esta tendência voltou a ser reforçada, registando-se uma redução de 3 pontos base (pb) para 1,07%, face ao mês anterior. No primeiro mês do ano, os empréstimos para aquisição de casa subiram, atingindo os 977 milhões de euros, segundo dados do Banco de Portugal (BdP).

Notícia sobre:

Prestação da casa sobe em fevereiro

O ano arrancou com boas notícias para quem pediu um empréstimo para compra casa, mas fevereiro o cenário muda um pouco de figura. A prestação paga pelos clientes com crédito à habitação indexado à taxa Euribor a três e seis meses (a mais usada em Portugal), vai subir ligeiramente face à última revisão.

Notícia sobre: