Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

As mulheres portuguesas mais poderosas nos negócios são...

Isabel Mota aparece no quarto lugar do Top 10 das mulheres mais poderosas / Forbes
Isabel Mota aparece no quarto lugar do Top 10 das mulheres mais poderosas / Forbes
Autor: Redação

As  portuguesas mais poderosas do mundo dos negócios... Afinal quem são estas mulheres? São investidoras, executivas, diretoras-gerais e presidentes-executivas de grandes empresas, e “líderes que moldam projetos à sua imagem, que deixam marca sem pedir licença, que gerem com brilhantismo milhões de euros e centenas de pessoas”, segundo a Forbes Portugal, que publica a lista mais recente esta quarta-feira com 20 mulheres de destaque no poder.

A publicação destaca Isabel Mota, na capa da edição de novembro, a primeira mulher a liderar a Fundação Gulbenkian, uma das maiores fundações filantrópicas do mundo com ativos de três milhões de euros. Mas é Maria Ramos, economista luso-sul-africana, que lidera o ABSA Bank, o maior banco africano, que aparece no primeiro lugar do ranking. Logo de seguida surgem as empresárias Paula Amorim e Cláudia Azevedo.

Este é o TOP das portuguesas mais poderosas no mundo dos negócios. Os rostos da outra dezena de líderes da lista elaborada pela Forbes são divulgados na edição da revista em papel.

TOP 10

1. Maria Ramos

Presidente do ABSA Bank

2. Paula Amorim

Presidente da Amorim Investimentos e Participações

3. Cláudia Azevedo

Presidente-executiva da Sonae (a partir de 2019)

4. Isabel Mota

Presidente da Fundação Calouste Gulbenkian

5. Isabel Vaz

Presidente do comité executivo do grupo Luz Saúde

6. Ana Meneres de Mendonça

Presidente da Promendo (detém posições na Altri, Cofina e F. Ramada e Altri)

7. Inês Caldeira

Directora-geral da L’Oréal Thailand

8. Manuela Medeiros

Fundadora da Parfois

9. Isabel Furtado

Presidente-executiva da TMG Automotive

10. Patrícia Bensaude

Presidente do grupo Bensaude