Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

As despesas que podem “destruir” qualquer orçamento familiar

Iryna Tysiak on Unsplash
Iryna Tysiak on Unsplash
Autor: Redação

Equilibrar o orçamento familiar não é tarefa fácil. E quando menos se espera... uma eventualidade. Construir um bom “pé de meia” é meio caminho andado para fazer frente a obstáculos, ainda que nem sempre haja margem de manobra para equilibrar a balança. Há despesas frequentemente esquecidas que podem arruinar qualquer orçamento. Dizemos-te quais são para que não as percas de vista.

Para construir um bom orçamento é preciso seguir algumas regras, para evitar dívidas futuras. O Msn Money reuniu um conjunto de encargos, na maioria das vezes subestimados, que podem por em causa a gestão familiar de recursos. Eis os gastos extra que deves contemplar.

1. Idas ao mecânico

As avarias no carro são imprevisíveis. No entanto, o melhor será estar atento aos sinais, para que a reparação não saia muito cara. Na hora de escolher uma oficina é importante analisar várias opções.

2. Cuidados veterinários

Sim, se tens um animal não deves descurar esta despesa do orçamento. A doença também pode afetar os amigos de quatro patas.

3. Eventos especiais

Pode sempre aparecer ao longo do ano aquele amigo que vai casar ou familiares com festas de aniversário. Mais algumas despesas que podem desequilibrar as contas.

4. Seguro de saúde

Antes de contratares um seguro de saúde deverás calcular a taxa de esforço que o mesmo vai exigir. É um gasto extra que não pode ser esquecido

5. Viagens

Outra despesa que pode arruinar um orçamento: as viagens. Tens dinheiro de parte que te pode assegurar esta despesa sem comprometer o resto?

6. Eletrodomésticos avariados

Já aconteceu a quase toda a gente. A máquina de lavar a loiça que se estraga, ou o esquentador que deixa de funcionar. É importante reservar algum dinheiro para estas eventualidades.

7. Alerta aquecedores (no inverno)

Quando o inverno chega ligam-se todos os aquecedores da casa. Algo que irá pesar na fatura de eletricidade no final do mês. Este é outro exemplo de despesa que deve entrar na equação de um orçamento.