Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Poupanças

Últimas notícias sobre "Poupanças" publicadas em idealista.pt/news

Um em cada três portugueses não consegue pagar despesas imprevistas

Os números são relativos a 2019, ou seja, a uma era pré-pandemia de novo coronavírus, mas são alarmantes: um terço dos portugueses (33%) – um em cada três – não conseguia pagar despesas imprevistas no ano passado. Trata-se de um valor ligeiramente inferior ao verificado no ano anterior (33,3%), mas ligeiramente superior ao registado na média da União Europeia (UE): 32%.

Notícia sobre:

Dicas de poupança em tempos de Covid-19: registar e comunicar as leituras dos contadores de água e luz

Num tempo em que devemos ficar em casa, devido à pandemia do novo coronavírus, podemos realizar aquelas tarefas que deixamos, quase sempre, para “um dia destes”. As empresas fornecedoras de energia e água não estão a permitir a saída dos seus técnicos para efetuar a leitura dos contadores. Esta é, pois, uma boa oportunidade para começares a registar e comunicar as leituras dos contadores de eletricidade e água. Assim pagarás só o que consomes e evitas acertos futuros. Explicamos-te tudo sobre este tema com a ajuda da Deco – Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor.

Notícia sobre:

Resgate antecipado do PPR em tempos de Covid-19. Há penalizações?

Portugal e o mundo vivem uma crise sem precedentes, que tem origem numa pandemia que teima em deixar marcas a todos os níveis, nomeadamente na economia. Muitas famílias ficam “aflitas” e têm de socorrer-se das poupanças para enfrentar gastos com a casa e outros, recorrendo por exemplo aos Planos de Poupança Reforma (PPR). Será está uma opção válida e/ou a ter em conta? Contamos-te tudo sobre este tema neste artigo preparado pela Deco – Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor para o idealista/news, com base num caso particular, mas que pode ser extrapolado.

Notícia sobre:

Teletrabalho faz com que gastos domésticos disparem – estas dicas ajudam a poupar

Trabalhar em casa, ou teletrabalhar, faz parte do dia a dia de muitos portugueses, que a isso ficaram “obrigados” por causa da pandemia do novo coronavírus. O outro lado da moeda é que os gastos domésticos disparam, bem como os de alimentação. Mas há formas de minimizar estes gastos e de evitar que as faturas subam em flecha. Contamos-te tudo no Deco Alerta de hoje.

Notícia sobre:

Guia para triunfar e poupar na compra de mobília para a casa

Conseguir poupar na compra de mobília e artigos de decoração para a casa nem sempre é uma tarefa fácil, quando pretendemos ter um espaço que vá ao encontro do nosso gosto pessoal, mas também das nossas necessidades reais, em termos funcionais. Neste artigo vamos apresentar-te algumas dicas que te podem ajudar a diminuir as despesas com a compra de mobília para a tua casa.

Notícia sobre:

Estas dicas ajudam a baixar a fatura da luz: poupança pode chegar a 29%, avisa Deco

“Ajudámos 24 famílias com 300 conselhos personalizados. A poupança pode chegar aos 2.226 euros por ano”, refere a Deco Proteste. Segundo a Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor, com a aplicação de algumas medidas, a fatura da luz dos portugueses pode baixar 29%.

Notícia sobre:

Como poupar em 2020: dicas para organizar o orçamento familiar

O novo ano está em marcha e é chegada a hora de ativar o “modo” poupança. Para isso, é fundamental fazer um planeamento do orçamento para os doze meses que aí vêm e, claro, corrigir os erros do passado. Apresentamos-te 10 dicas fundamentais para poupar dinheiro em 2020.

Notícia sobre:

8 dicas (bem simples) para poupar neste Natal

A quadra natalícia simboliza a família, os amigos, as reuniões em torno da mesa e as longas tardes de conversa. Mas pode caracterizar-se, também, por ser uma época em que as despesas aumentam significativamente. No artigo de hoje deixamos alguns truques para que possas desfrutar de todos os momentos sem ceder a gastos desnecessários.

Notícia sobre:

Despesas imprevistas? Mais de metade dos portugueses consegue pagar até 640 euros

Um estudo revelado por ocasião do Dia Mundial da Poupança mostra que 55% dos portugueses inquiridos poderiam fazer face a uma despesa imprevista de 640 euros sem ter de pedir dinheiro emprestado.

Notícia sobre: