Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Banco de Portugal recebeu 18.104 reclamações em 2019 – mais 18,7% que no ano anterior

Banco de Portugal
Banco de Portugal
Autor: Redação

O Banco de Portugal (BdP) recebeu, no ano passado, 18.104 reclamações dos clientes bancários relativamente às matérias por si supervisionadas, o que dá uma média de 1.508 queixas por mês. Trata-se de um aumento de 18,7% face ao ano anterior, 2018. 

“Este crescimento foi induzido pelas reclamações entradas pelo Livro de Reclamações Eletrónico, cujo acesso foi disponibilizado em julho de 2019”, refere o BdP, em comunicado.

“As reclamações aumentaram, no crédito à habitação e hipotecário, de 94 para 100 por cada 100 mil contratos; no crédito aos consumidores, de 32 para 36 por cada 100 mil contratos; e, nos depósitos bancários, de 26 para 32 por cada 100 mil contas”, lê-se no documento.

Segundo o supervisor, “não foram detetados indícios de infração por parte das instituições visadas em 61% das reclamações encerradas em 2019 (56% em 2018)”. “Nas restantes 39%, a situação foi corrigida pela instituição de crédito, por sua iniciativa ou por intervenção do BdP (44% em 2018)”, conclui a entidade.

No que diz respeito à supervisão dos mercados bancários de retalho, o BdP revelou que emitiu 921 determinações específicas e recomendações dirigidas 142 instituições e sociedades financeiras, tendo instaurado 27 processos de contraordenação contra 9 instituições, menos que os 47 verificados em 2018.