Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Bancos

Últimas notícias sobre "Bancos" publicadas em idealista.pt/news

Sean Sullivan/Arklatex 3D

Este antigo banco no Louisiana foi convertido numa casa muito segura (até com portas blindadas)

Notícia sobre:

Quando terminam as moratórias? Privadas já em março (algumas) e públicas em setembro

As moratórias bancárias têm sido um verdadeiro balão de oxigénio para muitas famílias portuguesas, que deixaram de pagar, em tempos de pandemia da Covid-19, as respetivas prestações dos empréstimos contraídos, nomeadamente do crédito à habitação. Algumas destas moratórias estão, no entanto, a acabar, as privadas, ou seja, as criadas pelos bancos – as relativas a créditos habitação e outros créditos hipotecários terminam já dia 31 de março de 2021. Já as moratórias públicas ou do Estado, criadas pelo Governo, estão em vigor até 30 de setembro de 2021.

Notícia sobre:

Financiamento à habitação sustentável em Portugal vence prémio da Euronext Lisboa

A RMBS Green Belém 1, primeira emissão de obrigações verdes em Portugal lançada pela UCI Portugal, em maio de 2020, recebeu o prémio “Sustainable Finance” nos Euronext Lisbon Awards 2021. Em causa está uma parceria da entidade especializada em crédito habitação com o Banco Europeu de Investimento (BEI), que visa contribuir para a construção de cerca de 25.000 metros quadrados (m2) de novos edifícios e para a renovação de mais 450.000 m2 de imóveis existentes.

Notícia sobre:

Fim à vista para os juros mínimos?

O ciclo de mínimos históricos nas taxas da dívida parece ter terminado ou estar a terminar, o que poderá significar que é o fim da linha para os juros mínimos. Nas obrigações a 10 anos, que servem de referência na Zona Euro, os juros poderão regressar a terreno positivo já no verão, depois de dois anos abaixo de zero. No conjunto da Zona Euro, a subida das taxas desde o final do ano passado é particularmente acentuada nos prazos mais longos. No que diz respeito aos juros da dívida portuguesa a 10 anos, quadruplicaram desde início do ano, chegando aos 0,25% no dia 23 de fevereiro. 

Notícia sobre:

Crédito à habitação: Banco CTT dá máxima bonificação da forma mais simples

O crédito à habitação parece estar a “passar um pouco ao lado” da crise provocada pela pandemia da Covid-19, visto que os bancos continuam a mostrar disponibilidade para financiar a compra de casa. E os portugueses, por seu lado, continuam a recorrer à banca para investir em imobiliário. Hoje, na nova rubrica intitulada crédito à habitação do mês, na qual mostramos as principais condições oferecidas por vários bancos, falamos sobre a oferta do Banco CTT (BCTT), que se destaca, desde logo, pela simplicidade. 

Notícia sobre:

Moratórias privadas de crédito à habitação terminam em março – milhares de famílias afetadas

As moratórias privadas de crédito à habitação criadas pelos bancos vão terminar a 31 de março de 2021, ao contrário das moratórias públicas ou do Estado, que foram prolongadas até 30 de setembro. Com o prazo a apertar, as instituições bancárias estão a começar a contactar os clientes para renegociar pagamento dos empréstimos, sendo a reestruturação dos mesmos uma das soluções para quem não conseguir retomar os pagamentos.

Notícia sobre:

‘Stock’ do crédito às famílias em máximos de junho de 2015 – empréstimos para a casa em alta

O total de empréstimos às famílias voltou a aumentar em janeiro de 2021, situando-se nos 120.793,2 milhões de euros, o valor mais alto desde junho de 2015 (121.033,5 milhões) e acima dos 120.751,9 milhões do mês anterior e dos 118.865,4 milhões de janeiro de 2020, segundo dados divulgados pelo Banco de Portugal (BdP) esta quinta-feira (25 de fevereiro de 2021). Destaque para o ‘stock’ do crédito à habitação, que aumentou em janeiro para 95.278,6 milhões de euros, mais que no mês anterior (95.041,5 milhões) e no período homólogo (92.997,6 milhões).

Notícia sobre:

Endividamento da economia portuguesa em máximos históricos: 745,8 mil milhões de euros

O endividamento do setor não financeiro em Portugal voltou a aumentar em dezembro de 2020, em plena pandemia da Covid-19, atingindo um novo máximo histórico: 745,8 mil milhões de euros. Desse montante, 342,5 mil milhões de euros respeitavam ao setor público e 403,3 mil milhões de euros ao setor privado, segundo dados divulgados, esta quinta-feira (18 de fevereiro de 2021), pelo Banco de Portugal (BdP).

Notícia sobre:

Bancos portugueses estão entre os que têm menor exposição ao imobiliário comercial

Os bancos portugueses são dos que têm, na Europa, as menores exposições ao imobiliário comercial, um fator que poderá aumentar a sua resiliência à crise provocada pela pandemia da Covid-19. Esta é uma das conclusões da agência de notação financeira DBRS Morningstar, que consta de uma análise publicada recentemente.

Notícia sobre:

Caixa Geral de Depósitos liberta-se de quase 380 milhões de euros em imóveis

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) libertou-se de quase 380 milhões de euros em imóveis detidos para venda ao longo dos últimos quatro anos: entre 2016 e 2020. Este era um dos objetivos no âmbito do plano de reestruturação imposto por Bruxelas ao banco do Estado.

Notícia sobre: