Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Fim à vista para os juros mínimos?

Expresso
Expresso
Autor: Redação

O ciclo de mínimos históricos nas taxas da dívida parece ter terminado ou estar a terminar, o que poderá significar que é o fim da linha para os juros mínimos. Nas obrigações a 10 anos, que servem de referência na Zona Euro, os juros poderão regressar a terreno positivo já no verão, depois de dois anos abaixo de zero. No conjunto da Zona Euro, a subida das taxas desde o final do ano passado é particularmente acentuada nos prazos mais longos. No que diz respeito aos juros da dívida portuguesa a 10 anos, quadruplicaram desde início do ano, chegando aos 0,25% no dia 23 de fevereiro. 

Segundo o Expresso, os juros da dívida pública nos EUA e na Zona Euro já estão a subir, uma tendência que se verifica desde meados de fevereiro. Paralelamente, é expectável que haja um desagravamento nas taxas negativas da Euribor – servem de referência na Zona Euro para os empréstimos das famílias e das empresas – projetadas para os próximos cinco anos. No prazo a três meses, deverão subir progressivamente para níveis menos negativos, escreve a publicação, salientando que daqui a um ano a taxa deverá descer dos atuais -0,54% para -0,53%.

O regresso das Euribor a terreno positivo está agora a ser “encarado” de outra forma, ou seja, poderá acontecer mais cedo que o previsto