Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Reclamações à Deco aumentam 15% num ano

Autor: Redação

A Deco – Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor recebeu mais de 500 mil contactos de consumidores no ano passado relacionados com queixas sobre produtos e serviços prestados por empresas. Trata-se de um aumento de 15% face a 2012. Os setores que suscitaram mais reclamações foram as telecomunicações e a banca (94 mil). 

Segundo o Público, que se baseia nos dados divulgados pela Deco, foram recebidos 501.744 contactos em 2013, a maioria dos quais através de pedidos de informação escritos e por telefone (444.483). A entidade foi contactada presencialmente para prestar esclarecimentos por 19.486 consumidores, tendo-lhe chegado ainda 18.513 denúncias. De referir ainda que a associação esteve envolvida na mediação de conflitos relacionados com direitos dos consumidores em 17.225 processos, registando 2.037 contactos fora do seu âmbito de atuação.

Comparativamente com 2012, verificou-se de um aumento de 15% de solicitações, já que nesse ano foram registados 434.840 contactos

Por setores, as telecomunicações e a banca voltaram a liderar o ranking das reclamações, com 54.440 e 39.147 contactos recebidos pela Deco, respetivamente. Seguiram-se os serviços de interesse geral (27.739), os negócios de compra e venda (25.838) e a prestação de serviços (11.872).