Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Ricardo Salgado fala pela primeira vez depois de ser detido: "Vou lutar pela honra e dignidade, minha e da minha família"

Gtres
Gtres
Autor: Redação

Ricardo Salgado, o patriarca do clã Espírito Santo e presidente do BES durante mais de mais de 20 anos, rejeita ser o responsável pela queda do banco e do império familiar. E o ex-banqueiro promete: "Vou lutar pela honra e dignidade, a minha e da minha família".

A afirmação de Ricardo Salgado consta de um relato hoje noticiado pelo Diário Económico de um encontro num hotel no Estoril, que o ex-presidente do BES agora usa como escritório.

Alegando que não pode falar sobre temas relacionadas com o BES e o GES, por motivos legais, Salgado (que está a ser investigado pelas autoridades) diz ser um homem de compromissos e garante que vai também fazer tudo para recuperar a confiança dos acionistas do banco

Para Ricardo Salgado, a recuperação do bom nome da família Espírito Santo estará, porém, nas mãos das gerações mais novas do clã e não dos familiares da sua idade. Ainda assim, e aos 70 anos de idade, o financeiro assegura que continua a ter planos para o futuro.