Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

IMI para famílias numerosas: Como funciona o desconto?

Autor: Redação

Milhões de portugueses pagam, anualmente, o Imposto Municipal Sobre Imóveis (IMI) – seja numa, duas ou três prestações - sendo que a primeira tinha como prazo de pagamento o final do mês abril, que está inalterado desde 2013; data a partir da qual os contribuintes puderam começar a pagar o imposto até três prestações. Apresentamos-te agora um guia para que saibas como funciona.

  • Se o montante a liquidar for menor ou equivalente a 250 euros, o pagamento deve ser efetuado numa única prestação durante o mês de abril;
  • Caso o valor do IMI se situe entre os 250 e 500 euros, podem ser pagas duas prestações em abril e novembro, respetivamente;
  • Finalmente, se o valor do imposto for superior a 500 euros, o pagamento pode ser efetuado durante os meses de abril, julho e novembro.

Deste modo, muito provavelmente este ano notaste diferenças quanto ao montante que tiveste de pagar relativamente ao IMI. A que se deve a diferença? O município onde resides pertence a uma das autarquias que aderiram à iniciativa que disponibiliza um desconto no IMI para famílias numerosas (leia-se com filhos).

O desconto, uma medida de incentivo à natalidade (que o ano passado voltou a subir para 8,3%), estipula que, quantos mais filhos um agregado familiar tenha, maior é o desconto no imposto a pagar. Como nota de exemplo, uma família que tenha quatro filhos pode usufruir até 20% de desconto no montante anual a pagar.

Fica a saber tudo sobre a iniciativa do desconto no IMI para famílias numerosas no infográfico abaixo, elaborado pelo ComparaJá.pt para o idealista/news.