Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

IRS chega mais cedo para 1,8 milhões de contribuintes

Notícias ao Minuto
Notícias ao Minuto
Autor: Redação

A declaração automática do IRS arranca este ano e chega a 1,8 milhões de contribuintes. Em 2018, a medida será alargada e permitirá que cinco milhões de pessoas fiquem dispensadas desta obrigação declarativa anual. Os contribuintes abrangidos podem receber o reembolso do imposto em 15 dias, face aos atuais 30, adiantou o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Rocha Andrade.

Em causa estão pessoas sem dependentes e que no ano passado apenas auferiram rendimentos das categorias A (trabalho dependente) e H (pensões), obtidos em território nacional, escreve o Diário de Notícias.

“[O processamento do reembolso demorará] bastante menos que isso [um mês]. Esperamos que para o universo que tem acesso ao IRS automático e que faça esta validação [da declaração], o prazo do reembolso seja cerca de metade ou menos do prazo médio que hoje em dia existe para os reembolsos”, disse o governante esta quarta-feira (dia 22), durante a apresentação do balanço do programa Simplex+.

Segundo a publicação, em 2015, o prazo médio do processamento dos reembolsos rondou os 30 dias, enquanto em 2016 foi de 36 dias. Este ano, e para os contribuintes já referidos, o reembolso do IRS será feito em 15 dias. Rocha Andrade adiantou que em 2018 este automatismo vai alargar-se às famílias com dependentes a cargo, ou seja, abrangerá cerca de cinco milhões de pessoas, a maioria dos contribuintes sujeitos a IRS, que ficarão dispensadas de ter de preencher, validar e submeter uma declaração.