Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

IMI: acaba hoje o prazo para pagar a primeira prestação

Photo by Diogo Palhais on Unsplash
Photo by Diogo Palhais on Unsplash
Autor: Redação

Caso te tenhas distraído, ainda te restam umas horas para pagares a primeira prestação do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI), sem teres de pagar multa. O prazo para cumprir esta obrigação fiscal termina hoje, dia 31 de maio de 2019. Pela primeira vez, a partir deste ano, os contribuintes podem, se quiseremliquidar já a totalidade do valor indicado na nota de cobrança, em vez de partir a conta em dois como antes estava previsto, no caso de valores acima dos 100 euros. 

O IMI é o imposto que incide sobre os prédios rústicos e urbanos, aplicando-se uma taxa de 0,8% no primeiro caso e uma taxa entre 0,3% e 0,45% no segundo - sendo o valor final determinado todos os anos pelos municípios onde estão localizados os imóveis.

Os proprietários que tenham de pagar mais de 500 euros de IMI têm, no entanto, até ao final de agosto de 2019 para fazê-lo, remetendo-se o pagamento da terceira prestação para novembro deste ano. Se o montante a pagar for superior a 100 euros, mas inferior a 500 euros, a segunda prestação não deve ser paga em agosto, mas em novembro.

Os novos prazos foram determinados em sede do Orçamento do Estado para 2019, mas as datas não foram as únicas novidades. Foram também alterados os valores limites das prestações.

O teto da primeira tranche baixou, este ano, de 250 euros para 100 euros, sendo agora possível dividir em duas prestações qualquer valor superior a uma centena de euros e inferior a 500 euros. É possível dividir o imposto em três prestações, por outro lado, sempre que o valor a pagar seja superior a esse último valor.

Os pagamentos, seja de forma fracionada ou da totalidade do imposto, podem ser realizados no Multibanco, nos CTT, na app de pagamento da Autoridade Tributária e Aduaneira (AT), nos Serviços das Finanças, nos vários bancos ou através de débito direto.