Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Dono da Zara engorda património imobiliário com nova compra de 550 milhões em Londres

Autor: Redação

Amando Ortega, fundador e principal acionista do grupo espanhol Inditex (dono da Zara e Massimo Dutti), continua a engordar o seu património imobiliário. Agora, foi a vez de comprar o edifício Oriana, em Londres, por 400 milhões de libras (mais de 550 milhões de euros). O imóvel alberga a principal loja da Primark, marca rival da insígnia de moda Zara, na capital britânica.  

O edifício, situado na Oxford Street e com cerca de 20 mil metros quadrados, era, até agora, propriedade dos grupos Land Securities e Frogmore - ambos com 50% do imóvel, de acordo com a notícia do Sunday Times, citada pelo El País.

Ortega já tinha adquirido em Londres, em 2006, o edifício de 100 Wood Street, por 140 milhões de libras, e em 2011 um edifício de escritórios em Oxford Street por 220 milhões de libras, entre outros iinvestimentos de Pontegadea, que se foir convertendo na imobiliária espanhola com maior património. 

Já o Expansión diz que, com esta aquisição, o empresário espanhol torna-se no principal investidor nesta rua londrina - uma das mais populares e comerciais - uma vez que possui outros três imóveis na mesma localização.  
 
Esta operação surge depois de, recentemente, Amancio Ortega ter adquirido um edifício na Gran Vía 32, uma das principais ruas da capital espanhola, e onde se vai situar a principal loja da Primark em Espanha, lembra ainda o El País.  
 
Em janeiro deste ano, o dono da Inditex comprou a sede da empresa mineira Rio Tinto, por cerca de 335 milhões de euros.