Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Investidor português paga 20 milhões por sede do DN para construir condomínio de luxo

Autor: Redação

Concebido de raiz para acolher um jornal e, atualmente, classificado como de interesse público, o emblemático edifício do Diário de Notícias (DN) foi comprado à Globalmedia pela portuguesa Nickel Real Estate por cerca de 20 milhões de euros. O imóvel, localizado junto ao Marquês de Pombal, em Lisboa, vai ser reconvertido num condomínio residencial de luxo.

Desta forma, o investidor nacional - apoiado por uma casa de investimento britânica - reforça a presença na Avenida da Liberdade, onde já é proprietária dos edifícios para onde estava prevista a expansão da sede do antigo Banco Espírito Santo, o imóvel situado no número 203 da Avenida da Liberdade, na esquina com a Rua Rosa Araújo, tal como conta o Jornal de Negócios.

De perfil "discreto", como consideram fontes do sector imobiliário ouvidas pelo Negócios, a Nickel Real Estate também é dona do número 40 da Avenida da Liberdade e, no Chiado, do empreendimento Orpheu XI. 

No antigo edifício do Diário de Notícias,  que conta com uma área bruta de 8.600 metros quadrados, a empresa pretende construir cerca de 30 de apartamentos e um espaço comercial no piso térreo. Nesta localização, o preço do metro quadrado poderá variar entre oito e 10 mil euros. 

Por ser imóvel de interesse público e Prémio Valmor, qualquer alteração ao edificio que durante décadas acolheu o jornal, terá de passar pelo crivo da Direção-Geral do Património bem como dos serviços de urbanismo da Câmara Municipal de Lisboa. Ambas as entidades já deram "luz verde" ao projeto apresentado.