Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Aeroporto da Portela vai ter novo terminal complementar ao Montijo

Autor: Redação

O Aeroporto Humberto Delgado, na Portela em Lisboa, vai ganhar um novo terminal construído de raiz, que irá servir os voos internacionais. A nova infraestrura vai implicar um investimento na ordem dos 400 milhões de euros e será uma espécie de ilha no centro da pista, funcionando como um satélite. Em paralelo, a ANA vai avançar com o projeto do novo aeroporto complementar no Montijo, onde serão aplicados cerca de 250 milhões de euros.

O desenho, segundo conta o Dinheiro Vivo, ainda não está totalmente fechado, mas irá em linha com um projeto já antigo da Vinci que pressupõe o encerramento da pista secundária do aeroporto de Lisboa (13/35) para melhorar os espaços de circulação e escoamento de passageiros.

As obras, acrescenta o diário, estão previstas para arrancar em breve, ainda antes dos trabalhos de construção do aeroporto complementar na margem Sul do rio Tejo, e não deverão gerar constrangimentos à operação normal de aviões em Lisboa.

No Montijo, cuja meta do Governo é que comece a operar a civis no final de 2018, o mais tardar no arranque de 2019, tudo deverá ser mais lento, desde logo porque o arranque das obras está dependente da realização de um estudo de impacto ambiental.

A falta de capacidade do aeroporto de Lisboa para responder ao aumento do tráfego está na origem destes investimentos. O contrato de concessão da ANA era de 22 milhões ao ano e em 2015 a Portela recebeu mais de 20 milhões de turistas. No ano passado, o tráfego cresceu quase 12%, e a meta dos 22 milhões foi superada.