Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

MK Premium, soma e segue em Portugal: investe dois milhões em dois novos ativos

Fonte: MK Premium
Fonte: MK Premium

A espanhola MK Premium apanhou o gosto de Portugal. O 'family office' catalão, especializado em reabilitação e compra de edifícios, acaba de comprar dois novos ativos residenciais no mercado luso, localizados em Lisboa e Porto. A companhia, que já soma quatro imóveis em Portugal, investiu perto de dois milhões de euros nesta operação, avançaram fontes do setor ao idealista/news.

O objetivo da companhia espanhola - que acumula um total de 35 ativos imobiliários no primero semestre de 2018 - é fechar o ano com um investimento próximo aos sete milhões de euros nas duas cidades portuguesas e chegar aos 80 ativos imobiliários entre as quatro sedes de Barcelona, Madrid, Lisboa e Porto. 

Quais foram as compras de agora?

O ativo comprado agora na capital portuguesa é um edifício residencial e fica localizado no número 13 da Rua Arco de Carvalho, enquanto o imóvel adquirido no Porto fica no Bairro da Boavista, um dos mais caros da Invicta. Neste caso, o edifício integra três casa e será reformado para colocar novos apartamentos "prime" no mercado. 

Estas compras juntam-se às que a MK Premium levou a cabo antes do verão. A primeira aquisição do grupo em Portugal foi no Porto, com um edifício localizado no número 287 da Rua Cândido dos Reis. Este ativo conta com oito casas em 390 m2.

Três semanas depois de fechar a primeira transação imobiliária no mercado nacional, a empresa anunciou o investimento no edifício em Lisboa, onde aplicou perto de meio milhão de euros na compra do seu primeiro edifício residencial.

Trata-se de um ativo de 262 m2 distribuídos por dois anres, que contempla quatro casas e uma ampla zona ajardinada, no número 54 da Rua Marvila. "Lisboa e Porto são duas cidades que têm um amplo parque imobiliário, que se adapta ao modelo de negócio da MK Premium, de aí que tenhamos decidido no princípio do ano investir em Portugal, granças à tipologia dos edifícios e competitivos preços", explicou ao idealista/news Daniel Leiva, sócio fundador do grupo.

O imóvel que a empresa comprou em Lisboa caracteriza-se por estar numa zona residencial cada vez mais prime da capital, perto da beira do Rio Tejo e próxima do aeroporto. O grupo não revela para já o projeto imobiliário que tem previsto para este ativo.