Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Ativos imobiliários

Últimas notícias sobre "Ativos imobiliários" publicadas em idealista.pt/news

Novo Banco vende carteiras de imóveis e malparado com “desconto” - negócio rende 258 milhões

O Novo Banco encaixou 258 milhões de euros com a venda de duas carteiras de crédito malparado. A carteira 'Projeto sertorius' foi vendida por 159 milhões de euros e a carteira 'Projeto Albatroz' por 98,7 milhões de euros.

Notícia sobre:

Negócio de compra da Comporta continua por concluir - escritura volta a derrapar

Depois do consórcio formado pela Vanguard Properties e pela Amorim Luxury ter aceitado, em novembro do ano passado, pagar cerca de 158 milhões de euros pelos ativos imobiliário-turísticos da Herdade da Comporta e várias vezes agendada a escritura de venda, esta ainda não aconteceu. Vários procedimentos administrativos e burocráticos têm vindo a fazer derrapar a transferência de propriedade. Algo esperado para acontecer agora no final do corrente mês de julho.

Notícia sobre:

Visabeira tem ativos imobiliários para vender no valor de 70 milhões

A Visabeira está determinada em concentrar-se nas áreas das telecomunicações, hotelaria, cerâmica e cristalaria. Para continuar a investir nestes setores, o grupo de Viseu está agora vendedor de um lote de ativos imobiliários.

Notícia sobre:

“Boavista Upscale”, a carteira de imóveis que a Sonae está a vender - inclui o Porto Palácio Hotel

Os imóveis, localizados todos na Invicta, são detidos pelo fundo de investimento imobiliário fechado WTC, avaliado em 70 milhões de euros. As ofertas poderão ser feitas durante o mês de abril.

Notícia sobre:

Grupo português dono da Toys “R” Us Ibéria compra Maxi Toys

A portuguesa Green Swan está a investir em força no mercado de brinquedos. Depois da Toys “R” Ibéria, o grupo decidiu comprar a retalhista Maxy Toys à Blokker Holding, cujas lojas na Bélgica, França, Luxemburgo e Suíça faturam 200 milhões de euros.

Notícia sobre:

Fundo que está a criar gigante imobiliário em Espanha entra agora em Portugal

A sociedade de investimentos americana Värde Partners - dono do gigante da promoção residencial em Espanha que está a nascer pela integração da Vía Célere e Aelca - orientou agora as agulhas para Portugal. E marca a entrada no imobiliário nacional através da compra da gestora portuguesa de fundos imobiliários Imopólis e do fundo imobiliário ImoDesenvolvimento. O valor dos ativos deste portfólio ascende a 186,6 milhões de euros.

Notícia sobre:

Bankinter e Sonae Sierra voltam às compras através da Ores

O Bankinter e a Sonae Sierra estão da dar seguimento aos seus planos conjuntos através da joint-venture que criaram e a alimentar o veículo para novas compras. A Ores vai investir 30 milhões de euros mais em novos investimentos no mercado ibérico para cumprir o plano de negócios inicial e negociar um novo financiamento com diversas entidades para continuar a engordar a carteira.

Notícia sobre:
Google Maps

Quântico/Albatross compra edifício do Café Embaixador no Porto e procura novos ativos

A sociedade imobiliária Quântico SA, em parceria com os espanhóis da Albatross, comprou o edifício do Café Embaixador, na Baixa do Porto, que será transformado num projeto de habitação de qualidade. Recentemente, as duas sociedades anunciaram a aquisição do palacete Montevideu, na Foz, um emblemático imóvel na primeira linha de mar que vai ser reabilitado para habitação de luxo. Os dois imóveis fazem parte do portfólio do Vesta Real Estate Fund, que, segundo a Quântico, ainda não está completo, sendo previsível que em breve surjam novas aquisições.

Notícia sobre:

MK Premium, soma e segue em Portugal: investe dois milhões em dois novos ativos

A espanhola MK Premium, especializada em reabilitação e compra de edifícios, acaba de comprar dois novos ativos residenciais no mercado luso, localizados em Lisboa e Porto. A companhia, que já soma quatro imóveis em Portugal, investiu perto de dois milhões de euros nesta operação, avançaram fontes do setor ao idealista/news.

Notícia sobre:

Novo Banco está a vender carteira com 9.000 ativos entre casas, lojas e terrenos (alguns com inquilinos)

A venda de carteiras de imóveis do setor financeiro - bancos e seguradoras - está cada vez mais dinâmica no mercado nacional. Depois da Tranquilidade e da Fidelidade, agora é a vez do Novo Banco colocar um portfólio de 9.000 ativos imobiliários, a maioria dos quais situados em Lisboa e no Porto. Cerca de metade são residenciais, um quarto são imóveis comerciais e os restantes 25% são terrenos.

Notícia sobre: