Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Espanhóis do grupo Mazabi querem comprar MadeiraShopping

Confirmando-se, negócio será feito através da participada Atalaya La Tejita.

Turismo da Madeira
Turismo da Madeira
Autor: Redação

O MadeiraShopping poderá vir a fazer parte de uma carteira internacional composta por mais de 30 projetos imobiliários, em 14 países, avaliados em 1.500 milhões de euros. Em causa está o grupo espanhol Mazabi, que quer comprar o centro comercial no Funchal através da participada Atalaya La Tejita. Segundo a Sonae Sierra, foi solicitado o parecer da Autoridade da Concorrência (AdC) sobre se se oporia a uma eventual transação de concentração.

Segundo um aviso publicado na página electrónica da AdC, é dado nota de que o regulador foi informado da intenção de uma operação de concentração de empresas relativa à aquisição pela Atalaya La Tejita do "controlo exclusivo" do centro comercial MadeiraShopping.

A Atalaya é uma empresa espanhola dedicada a atividades de investimento imobiliário e especializada no desenvolvimento e gestão de centros comerciais, controlada pelo grupo Mazabi, que integra empresas de gestão de investimentos e patrimónios imobiliários familiares.

Sediada em Madrid, a Mazabi soma 25 anos de história e, entre os ativos sob gestão, tem agora dois centros comerciais (Madeira Shopping e Bahía Plaza Cádiz), três unidades hoteleiras (Carretas Madrid, Playabella Iberostar Marbella e Club Hotel Tropicana Mallorca), quatro edifícios comerciais (Siemens Gamesa Zamudio, Velázquez 123 Madrid, General Dávila Santander e Recoletos 23 Madrid), três residenciais (Madrazo Madrid, Prisma Madrid e Carretas Madrid) e ainda diversos apartamentos em artérias nobres espanholas.

 

*Notícia retificada às 15h48