Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Whitestar ganha gestão de carteira de 200 milhões

Trata-se de um portefólio que integra a carteira Guincho, a segunda titularização pública de NPL realizada em Portugal.

Pexels
Pexels
Autor: Redação

A Whitestar Asset Solutions S.A., empresa especializada na gestão de carteiras de crédito e imobiliário, ganhou a gestão de uma carteira Unsecured, composta por mais de 3.700 créditos, cerca de 1.300 devedores e um valor em dívida que ultrapassa os 200 milhões de euros.

“Esta carteira estava a ser gerida por um Servicer concorrente e, acima de tudo, é mais um sinal importante da confiança do mercado na qualidade dos nossos serviços”, explica João Bugalho, Managing Director – Asset Management Southern Europe na Arrow Global, e CEO da Whitestar Asset Solutions S.A.

A gestão da nova carteira tem efeitos a 1 de maio. Trata-se de um portefólio que integra a carteira Guincho, a segunda titularização pública de NPL realizada em Portugal, cuja gestão tinha sido dividida por três servicers: Whitestar – Individual Secured; Hipoges - Corporate Secured e Altamira – Unsecured.

 “Esta notícia ganha ainda maior relevo por tratar-se de uma carteira integrada numa titularização pública com rating”, destaca o CEO da Whitestar.

Empresa “arrecadou” quatro carteiras de NPLs em 2020

No ano passado, a Whitestar ganhou a gestão de quatro carteiras de NPLs, gerindo atualmente cerca de 10 mil milhões de euros em ativos. Os portefólios conquistados em dezembro, tal como o idealista/news noticiou, estavam ligados a dois processos competitivos ganhos pelo fundo da Arrow Global, único acionista da Whitestar, e a Christofferson, Robb & Company (CRC). O primeiro portefólio, a carteira Webb, do BCP, tinha um total de 270 milhões em dívida, enquanto a Carter, oriunda do Novo Banco, tinha 92 milhões em dívida.