Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Crédito malparado

Últimas notícias sobre "Crédito malparado" publicadas em idealista.pt/news

Carteiras de crédito malparado do Novo Banco e da CGD mudam de mãos em outubro

O Novo Banco (NB) e a Caixa Geral de Depósitos (CGD) têm à venda duas carteiras de crédito malparado (Non-Performing Loans, NPL, na sigla inglesa), denominadas Harvey e Mercury, respetivamente. Os concursos para a compra dos respetivos portfólios estão na fase final e há vários interessados na corrida, sendo que os compradores/vencedores devem ser escolhidos dia 15 de outubro de 2021. 

Notícia sobre:

Parpública compra escritórios no edifíco ARCIS em Lisboa por 4 milhões

Uma parcela do edifício de escritórios ARCIS, em Lisboa, mudou de mãos por perto de quatro milhões de euros. Localizado perto da Avenida 5 de Outubro e do Campo Pequeno, o imóvel foi comprado pelo Fundo Especial de Investimento Imobiliário Aberto (FEEIA) Imopoupança, representado pela Fundiestamo – Sociedade Gestora de Organismos de Investimento Coletivo, S.A., do grupo Parpública.

Notícia sobre:

BCP quer vender malparado e resorts de luxo no Algarve por 145 milhões

Chegou ao mercado uma nova carteira de crédito malparado que inclui também imóveis no Algarve. Trata-se do designado “Projeto Green” pelo qual o BCP pede 145 milhões de euros.

Notícia sobre:

Novo Banco põe à venda carteira de crédito malparado de 640 milhões

O Novo Banco pôs à venda uma nova carteira de crédito malparado de grandes devedores. O projeto Harvey, como foi designado, engloba empréstimos em situação de incumprimento com o valor bruto de 640 milhões de euros, sendo que estão em causa dívidas de 20 ‘single names’: oito créditos de empresas e 12 créditos ligados ao setor imobiliário.

Notícia sobre:
Aumento de crédito malparado

Fim das moratórias só terá impacto no crédito malparado em 2022 – stock pode subir 2 mil milhões

Notícia sobre:

Isabel Teixeira é a nova CEO da Altamira Portugal – sucede a Eduardo Cerqueira

A Altamira Asset Management nomeou Isabel Teixeira como nova CEO da Altamira Portugal, com o objetivo de reforçar a sua atividade neste ‘key-market’ para o Grupo doValue Altamira, que gere ativos financeiros e imobiliários que totalizam mais de 2.000 milhões de euros. A nova responsável sucede a Eduardo Cerqueira, que estava na função desde 2019 e que passa agora a fazer parte da equipa de Estratégia de Mercado e Desenvolvimento de Negócios do Grupo doValue.

Notícia sobre: