Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Crédito malparado

Últimas notícias sobre "Crédito malparado" publicadas em idealista.pt/news

Caixa Geral de Depósitos liberta-se de quase 380 milhões de euros em imóveis

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) libertou-se de quase 380 milhões de euros em imóveis detidos para venda ao longo dos últimos quatro anos: entre 2016 e 2020. Este era um dos objetivos no âmbito do plano de reestruturação imposto por Bruxelas ao banco do Estado.

Notícia sobre:

Novo Banco vende mais de 1.700 milhões de euros em imóveis em quatro anos

O Novo Banco tinha uma carteira imobiliária no valor de 2.670 milhões de euros, em termos líquidos, em dezembro de 2016, mas libertou-se de cerca de 1.700 milhões de euros entretanto, ou seja, até final de 2020, período durante o qual implementou um plano de reestruturação, imposto pelas autoridades europeias. 

Notícia sobre:

BPI “livra-se” de crédito malparado: vende carteira de 300 milhões ao fundo LX Partners

Os bancos portugueses têm vindo, nos últimos anos, a “desfazer-se” do crédito malparado (Non-Performing Loans, NPL, na sigla inglesa) que consta nos seus ‘stocks’. O BPI, por exemplo, vendeu, na semana passada, o chamado projeto Lime ao fundo LX Partners por 300 milhões de euros.

Notícia sobre:

Altamira Asset Management Portugal ajuda a vender um armazém e um terreno na Polónia

A gestora de créditos e ativos imobiliários Altamira Asset Management Portugal representou a empresa de logística Tiner Polska, em conjunto com o grupo de consultoria imobiliária polaco AXI IMMO, na venda de um armazém de 20.000 metros quadrados (m2) e de um terreno de quase 16 hectares em Pietrzykowice, perto de Wrocław, na Polónia, a um investidor internacional de referência focado na promoção de ativos logísticos.

Notícia sobre:

Bancos portugueses têm o terceiro rácio de crédito malparado mais alto da Zona Euro

Os bancos portugueses têm o terceiro rácio de crédito malparado (Non-Performing Loans, NPL, na sigla inglesa) mais alto da Zona Euro, isto apesar de estar a abrandar. São, por outro lado, dos que têm os rácios de capital mais baixos da região. Em causa estão dados divulgados recentemente pelo Banco Central Europeu (BCE).

Notícia sobre:

Novo Banco: carteira de malparado vendida avaliada (afinal) em 35 milhões

O Novo Banco já veio esclarecer que a carteira de crédito malparado que vendeu estava avaliada nas contas da instituição (afinal) em 35 milhões de euros. “O Novo Banco esclarece que a carteira de crédito malparado (NPL) está avaliada nas contas do banco por cerca de 35 milhões de euros, valor marginalmente inferior aos 37 milhões de euros da venda reportados ao mercado, com o respetivo impacto positivo nos resultados e no capital”, adiantou fonte oficial do Novo Banco à Lusa.

Notícia sobre:

BCP prepara venda de crédito malparado ao fundo que comprou o “Nata 2” ao Novo Banco

O BCP estará prestes a fechar negócio com o fundo Davidson Kempner - que comprou o “Nata 2” ao Novo Banco – para a venda de uma carteira de crédito malparado, designada “Projeto Ellis”, avaliada em 170 milhões de euros. Em cima da mesa está também a venda do “Projeto Webb”, uma carteira mais granular e cujo valor inicial era de 450 milhões de euros, à Arrow.

Notícia sobre:

Novo Banco vende carteira de crédito mal parado por 37 milhões

O Novo Banco vendeu uma carteira de crédito malparado por 37 milhões de euros, que tem um valor bruto de 79 milhões. Ainda assim, a instituição liderada por António Ramalho diz que o negócio teve um impacto direto "marginalmente positivo" nos resultados e no capital.

Notícia sobre: