Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Crédito malparado

Últimas notícias sobre "Crédito malparado" publicadas em idealista.pt/news

Venda de crédito malparado deixa buraco de 500 mil euros no Novo Banco

Na reta final do ano, o Novo Banco fez um sprint e vendeu duas carteiras de crédito malparado – o “Projeto Orion” e o “Projeto Harvey” – que lhe valeram um encaixe de 117 milhões de euros. Agora, a entidade bancária veio revelar que estes negócios tiveram um impacto negativo de 500 mil euros na demonstração de resultados de 2021.

Notícia sobre:

Gestora de créditos malparados Whitestar lança nova página para clientes-devedores

A Whitestar Asset Solutions, empresa especializada na gestão de carteiras de crédito e imobiliário, com mais de 11 mil milhões de euros em ativos, lançou uma nova página institucional, “totalmente direcionada para os seus clientes-devedores”, oferecendo uma “nova experiência de navegação, com conteúdos mais objetivos, e permitindo uma gestão mais prática e célere dos processos sob gestão”.

Notícia sobre:

Montepio vende carteira de crédito malparado por 253 milhões

As operações de crédito malparado estão ao rubro em Portugal. Depois de o Novo Banco ter vendido duas carteiras de Non-Performing Loans (NPL, na sigla inglesa) na reta final do ano por cerca de 117 milhões de euros, foi a vez do Montepio finalizar a venda de uma carteira de créditos não produtivos por 253 milhões de euros.

Notícia sobre:

Novo Banco tenta vender dívida de construtor com desconto de 97%

Depois de ter finalizado a venda de duas carteiras de crédito malparado, o Novo Banco tentou vender mais uma: a dívida do construtor José Guilherme de 121 milhões de euros com um desconto de 97%. A operação acabou por ser recusada pelo Fundo de Resolução.

Notícia sobre:

Novo Banco desfaz-se de crédito malparado – vende projetos Orion e Harvey

Em menos de uma semana, o Novo Banco vendeu duas carteiras de crédito malparado. Primeiro vendeu o “Projeto Orion”, que contem mais de 12 mil empréstimos não produtivos, a um consórcio de fundos por 64,7 milhões de euros. E, agora, concluiu a venda do “Projeto Harvey”, uma carteira de malparado de grandes devedores, a uma entidade detida por sociedades afiliadas pela AGG Capital e pela Deva Capital por 52,3 milhões de euros. Ambas foram transacionadas por cerca de um terço do valor e, juntas, valeram um encaixe de 117 milhões de euros.

Notícia sobre:

Carteiras de crédito malparado do Novo Banco e da CGD mudam de mãos em outubro

O Novo Banco (NB) e a Caixa Geral de Depósitos (CGD) têm à venda duas carteiras de crédito malparado (Non-Performing Loans, NPL, na sigla inglesa), denominadas Harvey e Mercury, respetivamente. Os concursos para a compra dos respetivos portfólios estão na fase final e há vários interessados na corrida, sendo que os compradores/vencedores devem ser escolhidos dia 15 de outubro de 2021. 

Notícia sobre:

Parpública compra escritórios no edifíco ARCIS em Lisboa por 4 milhões

Uma parcela do edifício de escritórios ARCIS, em Lisboa, mudou de mãos por perto de quatro milhões de euros. Localizado perto da Avenida 5 de Outubro e do Campo Pequeno, o imóvel foi comprado pelo Fundo Especial de Investimento Imobiliário Aberto (FEEIA) Imopoupança, representado pela Fundiestamo – Sociedade Gestora de Organismos de Investimento Coletivo, S.A., do grupo Parpública.

Notícia sobre:

BCP quer vender malparado e resorts de luxo no Algarve por 145 milhões

Chegou ao mercado uma nova carteira de crédito malparado que inclui também imóveis no Algarve. Trata-se do designado “Projeto Green” pelo qual o BCP pede 145 milhões de euros.

Notícia sobre: