Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Fundos imobiliários: Imopoupança revela o melhor comportamento na última década

O líder nos fundos imobiliários abertos de acumulação continua a ser o CA Património Crescente, da Square Asset Management.

Foto de Expect Best no Pexels
Foto de Expect Best no Pexels
Autor: Redação

O fundo Imopoupança, gerido pela Fundiestamo, revela o melhor comportamento na última década, quer no retorno relativo aos fundos abertos de rendimento, como de acumulação, segundo dados divulgados pela Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios (APFIPP). De acordo com a Fundspeople Portugal, este produto, com um nível de risco de dois, alcançou um retorno anualizado nos últimos 10 anos de 4,11%.

O líder nos fundos imobiliários abertos de acumulação continua a ser o CA Património Crescente, da Square Asset Management, que obteve uma rentabilidade anualizada de 3,84%. Segundo a APFIPP, este fundo tem o nível mínimo de risco de todo o universo de cinco fundos abertos de acumulação.

Também os últimos cinco anos foram positivos para este fundo, sendo líder em termos de retorno com uma rentabilidade anualizada de 4,32%. No final de 2020, este era mesmo o fundo imobiliário aberto com maior património em carteira, segundo a publicação.

Nos últimos10 anos, os fundos abertos de acumulação atingiram uma rentabilidade média negativa (-1,37%), mas o cenário foi mais positivo nos fundos abertos de rendimento, que registaram um retorno médio de 1,11%.