Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Arquitetura: Aires Mateus ganham projeto de museu suíço a três Pritzker

Projeto de novo pólo cultural dos Aires Mateus na Suíça, revelado pelo Público
Autor: Redação

A arquitetura portuguesa acaba mais uma vez de ser reconhecida no panorama internacional. Esta segunda-feira ficou a saber-se que a o ateliê da dupla Manuel e Francisco Aires Mateus ganhou o concurso para a concepção do novo pólo cultural de Lausanne, na Suiça, que estará construído em 2020. Na corrida ao projeto de 85 milhões de euros estavam propostas assinadas por três prémios Pritzker: o japonês Shigeru Ban, a dupla japonesa Kazuyo Sejima e Ryue Nishizawa (do atelier Sanaa) e o francês Jean Nouvel.

A escolha do atelier português foi unânime, lê-se no texto de apresentação do projeto vencedor, citado pelo Público e assinado por Olivier Steimer, presidente do júri, que classifica a ideia dos arquitectos como “fabulosa”.

O concurso para a construção destes dois museus abriu no início do ano, relata o diário, dando nota de que foram recebidas 150 propostas (uma ficou imediatamente pelo caminho por não cumprir todos os requisitos), das quais apenas 21 foram seleccionadas para a fase final. 

“É o nosso maior projecto, em termos de valor e de qualidade do programa”,disse Francisco Aires Mateus ao jornal.

O projeto português integra-se então na segunda fase do futuro pólo museológico da gare de Lausanne, um “antigo território ferroviário, desativado”, ilustra Francisco Aires Mateus, que integra os dois museus. 

Ver mais notícias sobre: 
PrémiosPritzkerAires mateus