Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Antiga PT investigada por gestão danosa

Autor: Redação

Todas as decisões tomadas pelos antigos acionistas e ex-administração da Portugal Telecom (PT) estão a ser investigadas pelo Ministério Público (MP), por suspeitas de gestão danosa. Sob escrutínio da justiça estão os atos e gestores da empresa desde meados da década passada até à decisão de vender a PT à Altice.

Em causa estará, segundo conta o Público, sobretudo o investimento de cerca de 900 milhões de euros em papel comercial da Rioforte, o braço não financeiro do Grupo Espírito Santo, e ainda o processo de fusão com a operadora brasileira Oi.

De fora do inquérito fica a venda da PT à francesa Altice, que se efetivou em junho de 2015. “Não é objeto de investigação neste momento”, afirmou a fonte oficial da Procuradoria Geral da República (PGR).

O Público relata a história da investigação sobre “a maior destruição de valor de que há memória na história empresarial portuguesa”, incluindo as relações de poder com os antigos acionistas da PT — entre os quais Ricardo Salgado (antigo presidente executivo do BES) e a Ongoing — com o mundo político e de que forma as investigações judiciais no Brasil ajudaram a revelar pistas sobre o caso.