Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Portugueses aderem em força às compras “online” nas redes sociais

Marktest
Marktest
Autor: Redação

Há cada vez mais portugueses a fazer compras “online” através de redes sociais. Segundo o estudo “Os Portugueses e as Redes Sociais”, da Marktest Consulting, um em cada quatro utilizadores de redes sociais já fez compras nesses sites. Falamos de 25.3% dos portugueses com perfil criado em redes sociais.

O Facebook (79,4%) é a rede social “preferida” dos portugueses para fazer compras, “mas as referências ao Instagram como local de compra aumentaram 10 vezes o valor obtido em 2013 e duplicaram as menções observadas em 2017”, conclui a Marktest.

No que diz respeito aos produtos mais pesquisados e comprados/vendidos, destaque para a roupa (37.3%), para o calçado (8.7%) e para artigos de eletrónica e jogos de informática (7.6%).

O estudo em causa é realizado pela Marktest Consulting desde 2011, com o objetivo de conhecer índices de notoriedade, utilização, opinião e hábitos dos portugueses face às redes sociais. “Parte de uma quantificação de 5 milhões e 9 mil utilizadores de redes sociais, residentes no Continente com idades compreendidas entre 15 e 64 anos, dada pelo estudo Bareme Internet da Marktest. Esta informação foi recolhida através de uma entrevista online (...). A amostra foi constituída por 861 entrevistas a indivíduos entre os 15 e os 64 anos, residentes em Portugal Continental e utilizadores de redes sociais”, lê-se no site da Marktest.