Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Marktest

Últimas notícias sobre "Marktest" publicadas em idealista.pt/news

A “moda” dos smartphones – 7,2 milhões de portugueses usam-no como telemóvel principal

A “moda” dos smartphones veio para ficar. Em julho de 2020 havia em Portugal 7,2 milhões de pessoas a afirmar que o smartphone era o telemóvel que utilizavam com maior frequência, o que representa 84,2% dos residentes no continente com pelo menos 15 anos. Esta é uma das conclusões do estudo TGI da Marktest, que revela que o número de utilizadores triplicou em oito anos.

Notícia sobre:

Um terço dos portugueses já fez compras nas redes sociais – valor mais que duplicou em sete anos

O número de utilizadores portugueses de redes sociais que reconhece já ter feito compras nessas plataformas mais que duplicou em sete anos. Esta é uma das conclusões do estudo da Marktest “Os Portugueses e as Redes Sociais”, que revela que 33,2% dos cidadãos nacionais com perfil criado em redes sociais já fez compras diretamente numa rede social.

Notícia sobre:

Maioria dos portugueses compra produtos nacionais sempre que pode. E tu?

Cerca de três em cada quatro portugueses concordam com a frase “compro produtos nacionais sempre que posso”. Em causa está um estudo da Marktest, que conclui que em julho, em plena pandemia da Covid-19, mais de 6,3 milhões de portugueses diziam comprar produtos nacionais sempre que podem, um valor que representa 73,9% dos residentes no continente com pelo menos 15 anos.

Notícia sobre:

Portugueses vão menos ao banco em tempos de pandemia – e usam mais o telemóvel

O ‘mobile’ é o canal bancário que mais cresce em Portugal, com mais 7,3% que há 12 meses e mais 16,7% que há 24 meses. Em causa estão dados mensais do estudo Basef Banca da Marktest, que mostram que a ida ao banco em tempos de pandemia de Covid-19 está a perder “terreno”.

Notícia sobre:

TikTok no top cinco das redes sociais mais conhecidas dos portugueses

O Facebook é a rede social mais conhecida dos portugueses, sendo seguida de perto pelo Instagram – 99,6% contra 87,4% de notoriedade expontânea. O top cinco do ranking fica completo por Twitter, WhatsApp e TikTok, por esta ordem, sendo que a aplicação (app) chinesa de produção de vídeos curtos musicais e de dança entra este ano na lista. Em causa está o estudo “Os Portugueses e as Redes Sociais”, lançado pela Marktest.

Notícia sobre:

Gin “vira” bebida da moda em Portugal – consumo dispara a partir de 2011

Há nove anos, em 2011, apenas 4,5% dos portugueses com idades entre os 18 e os 24 anos bebiam gin, um valor que disparou (quase quintuplicou) para 22,3% em 2020. Em causa estão dados que constam num estudo realizado pela Marktest.

Notícia sobre:

Portugueses aderem em força “à moda” do Instant Messaging

São cada vez mais os portugueses que dizem usar o serviço de Instant Messaging, tendo o número disparado nos últimos anos – mais que triplicou desde 2013. Em causa estão dados que constam no estudo Bareme Internet da Marktest.

Notícia sobre:

Smartphones conquistam portugueses: acesso móvel à internet é oito vezes maior que há 10 anos

O acesso móvel à internet é hoje oito vezes superior ao observado há 10 anos. Esta é uma das conclusões a retirar do estudo 2020 Bareme Internet, divulgado recentemente pela Marktest. Segundo o mesmo, “de uma modesta penetração de 9% em 2010, esta plataforma foi paulatinamente subindo ano a ano, até ultrapassar o PC, em 2018. E, chegados a 2020, destaca-se na liderança, com mais de 10% à frente do anterior líder”. 

Notícia sobre:

Ter o próprio negócio, sim ou não? Quase 40% dos portugueses gostava...

A generalidade dos portugueses “vê com bons olhos” a possibilidade de ter um negócio próprio. Quando questionados sobre de gostavam de um dia ter o seu próprio negócio, 3 milhões e 352 mil portugueses responderam de forma positiva (“Concordo”), um valor que representa 39,1% dos residentes no Continente com 15 e mais anos. Em causa está um estudo da Marktest com dados relativos ao mês de julho de 2020, já em plena pandemida da Covid-19. 

Notícia sobre:

Há 16 anos (desde 2004) que não havia tantos portugueses com conta jovem

Entre janeiro e junho de 2020, havia em Portugal 1.171 mil possuidores de conta jovem, um valor que corresponde a 14,7% do universo composto pelos residentes em Portugal com 15 e mais anos que possuem conta bancária. É preciso recuar 16 anos, até 2004, para encontrar um número maior que o verificado no primeiro semestre deste ano.

Notícia sobre: