Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Incêndios: 93% das 819 casas destruídas pelo fogo de outubro de 2017 estão recuperadas

Gtres
Gtres
Autor: Redação

A maioria (93%) das casas destruídas pelo incêndio de outubro de 2017 já foram recuperadas, num investimento de 52 milhões de euros. “Estamos na fase final deste processo. Falta concluir a recuperação de 58 das 819 casas atingidas pelas chamas em 15 de outubro de 2017, o que deverá acontecer, o mais tardar, até ao final do ano”, revelou Ana Abrunhosa, presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC).

A verba orçamentada para a recuperação dos 819 imóveis, que está a cargo da CCDRC, é de 57 milhões de euros, escreve a Lusa, acrescentando que cerca de metade das casas recuperadas, todas de primeira habitação, tinham sido totalmente destruídas pelas chamas.

De referir que a maior parte das 58 casas ainda em obras está a ser recuperada diretamente pelos respetivos proprietários, o que ajuda a explicar a maior demora na conclusão das obras. Em alguns casos houve problemas legais a resolver, como partilhas ou proximidade de zonas agrícolas ou de reserva ecológica.