Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Lisboa vai ter um museu da reciclagem – para entrar só é preciso entregar uma embalagem vazia

O ReMUSEU vai abrir portas a 17 de maio, em Alcântara.

https://www.lisboa.pt/
https://www.lisboa.pt/
Autor: Redação

Ser Capital Verde Europeia em 2020 significa, também, promover novos hábitos junto da população. O mote perfeito para o lançamento de um museu “pop-up” da reciclagem, o projeto do ReMUSEU, em Lisboa. Trata-se de um equipamento temporário, reciclado e reciclável, que vai abrir portas a 17 de maio, em Alcântara. A entrada no espaço é simples: em troca de uma embalagem, o visitante ganha um bilhete.

O ReMUSEU nasce de uma iniciativa conjunta do Electrão – Associação de Gestão de Resíduos com a Câmara Municipal de Lisboa, o NewsMuseum e o Lidl. O espaço irá ter sete salas interativas, exposições, que “nos mostram que tudo pode ter uma segunda vida”, lê-se no site da autarquia. O desafio passa por incentivar a economia circular, criando um museu vivo que promova a mudança de comportamentos.

O espaço foi desenhado para funcionar como local aprendizagem e de consciencialização ambiental, alertando para a importância de reciclar e reutilizar. Na apresentação do museu, o presidente da autarquia, Fernando Medina, caracterizou o projeto como “um conceito inovador que toca num ponto essencial que é o da ação individual. “Não vai ser uma mera exposição, mas sim algo que nos vai mobilizar, a nível individual, para agir”, referiu.