Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

A casa mais "fixe" para empresas vai abrir as portas em Lisboa, inspirada no sucesso de Londres

Rohan Silva, antes de lançar a Second Home, foi conselheiro de David Cameron
Autor: Redação

A Second Home é conhecida no mercado como a casa de empresas startup mais cool de Londres. Agora, a incubadora de Rohan Silva e Sam Aldenton vai ganhar asas e voar da capital inglesa para Lisboa, onde abrirá portas em 2016 - ano em que a capital portuguesa recebe o maior evento de empreendedorismo, inovação e tecnologia da Europa, a Web Summit.

Lançada em 2013, esta incubadora tornou-se num ícone para negócios ligados à tecnologia e indústrias criativas, segundo escreve o Observador, dando nota de que a Second Home acaba de anunciar que levantou uma ronda de investimento de 10,7 milhões de dólares, cerca de 9,8 milhões de euros.

"O Second Home é um projeto de primeira linha, de máximo ‘pedigree’ e o facto de os fundadores escolhido Lisboa como uma das suas geografias de eleição é ótimo. É um sinal muito positivo para o ecossistema português”, diz Alexandre Barbosa, administrador executivo da capital de risco Faber Ventures, citado pelo jornal.

Rohan Silva, antes de lançar a Second Home, foi conselheiro do primeiro-ministro britânico, David Cameron. Segundo este empreendedor divulgou no Twitter, a Second Home Lisbon abre em maio. 

A Second Home, tal como descreve o Obsevador, é inspirada em três premissas: que as coisas boas acontecem quando pessoas, indústrias e ideias diferentes colidem, que deve haver maior equilíbrio entre as pequenas e grandes empresas, e que as cidades devem evoluir para acompanhar as mudanças estruturais na economia. No próximo ano, os objetivos passam por abrir uma Second Home Los Angeles.