Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Renovação do Mercado do Bolhão com a assinatura (também) da Carmo Wood

Wikimedia commons
Wikimedia commons
Autor: Redação

As obras de restauro do emblemático Mercado do Bolhão, no Porto, arrancaram em maio de 2018, estando previsto que terminem em maio de 2020. Uma das empresas que está a recuperar o espaço é a Carmo Wood, que foi escolhida pela Câmara Municipal do Porto (CMP) para fazer a reparação, reforço e consolidação de todo o madeiramento da cobertura, limpeza e tratamento dos elementos existentes, assim como a substituição de elementos degradados. Em causa está um projeto orçado em um milhão de euros.

Segundo a empresa familiar portuguesa, que foi responsável por obras reconhecidas como os Passadiços de Paiva ou o edifício RedBridge School, o mais alto edifício construído em madeira em Portugal, a obra será executada pela Carmo Estruturas – divisão da Carmo Wood e “contempla ainda a substituição integral do forro de cobertura, utilizando madeira de pinho tratada e madeira de sucupira, de acordo com as especificações do projeto de arquitetura”.

A Carmo Wood revela, em comunicado, que ambiciona “dar continuidade ao seu plano de expansão e posicionar-se, a curto prazo, entre as 10 maiores empresas a nível europeu neste segmento”. Atualmente, a empresa tem cerca de 350 trabalhadores, diretos e indiretos, e uma faturação global que ronda os 80 milhões de euros.