Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Coimbra: câmara incapaz de dar resposta a pedidos de habitação social

Vista geral de Coimbra.
Autor: Redação

A Câmara Municipal de Coimbra não consegue dar resposta às pessoas que se deslocam ao departamento da autarquia, às quintas-feiras, para aumentar os cerca de mil pedidos de habitação social. O município é proprietário de 850 lotes e tem cerca de 100 arrendados ao mercado privado, ao abrigo do programa Prohabita, do Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana (IHRU).

Citado pelo Jornal I, o vereador responsável pelo pelouro da habitação, Francisco Queirós, revelou que as habitações existente ao abrigo do programa Prohabita “não são suficientes”. “[Surgem] muitas mulheres, algumas com licenciatura, que tiveram emprego e que agora não conseguem pagar a casa. Gente a viver do abono ou da bolsa do filho que está no ensino superior. [Pessoas que] estão sem comer há mais de um dia”, adiantou Francisco Queirós.