Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Fisco vende mais de 7.300 casas penhoradas em dois anos

Autor: Redação

A Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) colocou à venda 31.300 bens penhorados em 2014, entre imóveis, veículos, rendimentos e partes sociais em empresas, mas alienou menos de um quinto: vendeu 5,506 bens de penhoras (17,6% do total). Dos imóveis penhorados e colocados no mercado resultou a venda de 3.605 casas, o equivalente a dez por dia. Nos últimos dois anos, o Fisco vendeu 7.343 casas.

De acordo com o Público, os imóveis representam a grande fatia (quase dois terços) dos 17,6% de bens executados que a AT conseguiu vender. Segue-se a alienação de valores e rendimentos (1.049 vendas), de veículos (834 vendas) e de alienações de partes sociais em sociedades (18).

Relativamente aos primeiros dias deste ano, foram realizadas 102 vendas, entre elas 33 imóveis

A AT trabalha com um sistema automático de penhoras, que dispara um pedido sobre os processos com valor superior a 150 euros e em que o devedor tem bens registados (sendo a penhora executada se o contribuinte não a regularizar no prazo de 30 dias). O primeiro tipo de bem a ser penhorado são as rendas, caso o contribuinte as possua. Seguem-se contas, depósitos bancários, créditos financeiros salários, veículos e imóveis, por esta ordem.