Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Investimento imobiliário bate recorde histórico até maio

Gtres
Gtres
Autor: Redação

O investimento imobiliário português atingiu um máximo histórico nos primeiros cinco meses deste ano, registando transações de 800 milhões de euros, a maioria ativos comprados por estrangeiros. Os últimos dados do setor, avançados pela consultora Cushman & Wakefield (C&W), confirmam a retoma iniciada no segundo semestre de 2014. 

"Os volumes de investimento que envolvem as operações fechadas ao longo dos primeiros cinco meses do ano em Portugal são já superiores ao total de volume transacionado ao longo dos doze meses de 2014", indica a empresa em comunicado.

De Janeiro a Maio de 2015 foram transacionados em Portugal cerca de 800 milhões de euros em ativos de imobiliário comercial envolvendo mais de 20 ativos e representando um fluxo de capitais estrangeiros a entrarem no país de mais de 600 milhões de euros.

"Estes valores retratam um máximo histórico no mercado imobiliário em Portugal, nunca em mais de 15 anos de registo de transações foi atingido no primeiro semestre do ano um valor tão elevado em termos de operações de investimento imobiliário", diz ainda a Cushman & Wakefield.

De acordo com a consultora, nem mesmo nos anos de 2006 e 2007, até à data recordes em termos de volume de investimento transacionado, foram atingidos no primeiro semestre valores tão significativos.

A média de volume transacionado no primeiro semestre ao longo dos últimos 17 anos situa-se nos 300 milhões de euros, menos de metade do valor que foi transacionado em 2015 em apenas cinco meses.