Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Bruno de Carvalho tem três imóveis penhorados pelo Fisco

Autor: Redação

Bruno de Carvalho, presidente do Sporting, mantém um contencioso com a Autoridade Tributária por causa de uma dívida fiscal superior a um milhão de euros. Para garantir o seu pagamento, tem três prédios arrestados pelo Fisco, todos localizados em Lisboa.

A notícia é avançada pelo Correio da Manhã, que revela que o caso está em tribunal. O caso remonta a 2009, altura em que Bruno de Carvalho era sócio-gerente da Polibuild Construção Civil, empresa que acumulou uma dívida superior a um milhão de euros às Finanças em IVA e IRC. Como a Probuild não tinha bens para responder pela dívida, ela reverteu para Bruno de Carvalho, na qualidade de responsável subsidiário, escreve a publicação.

De acordo com o diário, Bruno de Carvalho recorreu da decisão, encontrando-se o processo ainda por decidir. 

Entretanto, na sua página de Facebook, o presidente do Sporting reafirmou não ter qualquer dívida ao Fisco. “Confirmo, isso sim, que existe um contencioso judicial antigo relativo a um dissenso entre a Autoridade Tributária e a Polibuild, sociedade da qual fui sócio-gerente, que ilegalmente reverteu contra mim. E por esse motivo, também eu tive que exercer os meus direitos de defesa previstos na lei, como qualquer contribuinte executado pelo Fisco”, explicou, adiantando que está a aguardar “as decisões da entidade competente, que é o Tribunal”.