Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Casas já se vendem em menos de 90 dias

Breather/Unsplash
Breather/Unsplash
Autor: Redação

As casas em Portugal já demoram menos de 90 dias a serem vendidas. Este é o reflexo do forte dinamismo que está a atravessar o mercado imobiliário nacional. A verdade é que as transações de imóveis são cada vez mais rápidas, uma aceleração suportada pela concessão de crédito

Noventa dias. Este é o tempo médio que a Remax demora a vender um apartamento a nível nacional. No entanto, e nos casos de Lisboa e Porto, os tempos médios são mais curtos. Vender um imóvel pode demorar apenas 74 ou 86 dias, respetivamente. A informação é avançada pelo Jornal de Negócios e é reveladora da agitação que o mercado está a viver. Também a Century 21 Portugal mostra que é possível vender um imóvel em menos de três meses. Segundo Ricardo Sousa, CEO da mediadora, "o tempo médio de transação de imóveis residenciais é inferior a 90 dias”.

As imobiliárias revelaram ainda que a maior parte das transações foram realizadas por particulares. "Claramente que é a procura nacional, ou seja, as famílias portuguesas, que se assumem como o verdadeiro motor do mercado imobiliário residencial, em todo o país”, garantiu Ricardo Sousa.

O presidente da Remax Portugal, Manuel Alvarez, confirmou esta tendência: na Remax, "apesar do cliente estrangeiro continuar a ter um papel bastante significativo no mercado imobiliário em Portugal, o cliente luso continua a ser o principal investidor, ao representar 87% das transações realizadas".

A aceleração do tempo médio de venda de uma casa também se deve às facilidades na concessão de crédito. As imobiliárias indicaram que a maior parte das transações foi realizada a crédito, sendo que a percentagem ronda os 60% no caso de ambas as imobiliárias.