Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

SIIBRA, o salão imobiliário que promete trazer mais investidores brasileiros para Portugal

Gtres
Gtres
Autor: Redação

O investimento brasileiro no mercado imobiliário português está a crescer, representando já cerca de 19% da compra de casas por estrangeiros no país. E porque não levar Portugal até ao Brasil? Foi esta ideia que impulsionou a criação daquele que será o primeiro Salão Internacional Imobiliário no Brasil (SIIBRA) a realizar-se nos dias 4, 5 e 6 de setembro em Fortaleza, Ceará –, um evento que pretende estreitar e facilitar os negócios imobiliários entre os dois países, recebendo Portugal como país convidado.

O SIIBRA 2018 surgiu pelas mãos de Guimênia Nogueira, mediadora há 28 anos e representante do SIL – Salão Imobiliário de Portugal no Brasil desde 2004. O evento será um ponto de encontro para empresários, investidores, mediadores de imóveis de todo o Brasil e mediadores internacionais do mundo inteiro, em especial de Portugal, e o potencial público comprador.

SIIBRA quer estreitar relações entre países

A responsável, em declarações ao idealista/news, diz que este evento é uma oportunidade para promotores e mediadores portugueses, que podem levar “até ao Brasil os seus produtos e angariarem novos investidores”. Guimênia, que também presta serviços de consultoria a compradores brasileiros que decidem investir em Portugal, acredita que este evento permitirá potenciar a internacionalização, networking e negócios entre países. A empresária garante que tem fechado grandes negócios em Portugal e fala de uma “procura intensa” com “tendência para crescer”.

“O mercado imobiliário português tornou-se numa válvula de escape para a crise financeira no Brasil”, adianta Guimênia, que confirma o “disparar da compra por parte de brasileiros”. “Portugal é hoje considerado o país mais atrativo da Europa, Portugal está na moda e é a atração do momento”, remata a responsável.

O SIIBRA vai juntar-se à 27ª edição do CONACI- Congresso Nacional dos Corretores de Imóveis do Brasil e conta já com vários apoios institucionais, entre eles, o Governo do Estado do Ceará, a Câmara de Comércio Luso-Brasileira, Agência para o Desenvolvimento do Ceará, o Salão Imobiliário de Portugal (SIL), o SIMA – Salão Imobiliário de Madrid ou ainda a APPII – Associação Portuguesa dos Promotores e Investidores Imobiliários.

Brasileiros compram cada vez mais casas em Portugal

Cerca de 20% das casas vendidas em Portugal no ano passado foram parar às mãos de cidadãos estrangeiros. Os franceses continuam no topo da lista dos estrangeiros que mais investem no imobiliário em Portugal: representam 29% do total. Ainda assim, o investimento brasileiro cresceu, sendo responsáveis por cerca de 19% da compra de casas por parte cidadãos internacionais.

APEMIP
APEMIP