Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

7 dicas imperdíveis para quem quer comprar casa

Gtres
Gtres
Autor: Redação

Se comprar casa está nos teus planos, este guia é para ti. Este é provavelmente o maior investimento de toda a vida – e também um dos mais difíceis. Não sabes por onde começar? Preparámos um guia imperdível com sete passos aos quais deves prestar atenção se quiseres fazer uma escolha certa e informada.

A Decisões e Soluções (D&S) compilou uma lista de conselhos que pretende tornar este processo mais simples e evitar as dores de cabeça habituais associadas ao assunto. Eis as dicas que não podes perder de vista.

7 passos para comprar casa:

1. Define um orçamento

Antes de começares à procura de casa, deves avaliar a tua situação financeira, para perceber quanto é que poderás pedir de empréstimo e qual o valor máximo da casa que poderás pagar. Além da prestação mensal ao banco, é preciso ter em conta muitas outras despesas: seguros multirrisco e de vida, impostos, condomínio, despesas de manutenção, água, eletricidade, gás e isto sem falar sobre as habituais despesas diárias.

2. Lê todas as condições dos empréstimos

É muito importante prestar atenção às letras pequenas. Não verifiques apenas a taxa de spread, uma vez que as outras taxas e condições necessárias para garantir esse spread podem acabar por ser menos benéficas do que noutro banco que tenha um spread um pouco mais alto. Pede simulações em diferentes bancos e compara-os.

3. Pede o empréstimo apenas para o que precisas

Assinar um empréstimo acima do valor que realmente precisas para comprar a casa que pretendes significa pagar mais e durante mais tempo. Lembra a D&S: “É preciso também ter em consideração as taxas e os impostos inerentes à compra”.

4. Antes de comprar pesquisa, pesquisa e pesquisa

Um dos maiores erros que alguém pode cometer na hora de comprar casa é não realizar pesquisa. Face à valorização do mercado, há muitos proprietários a pedir valores elevados (e injustificados) que podem não corresponder à realidade. O melhor será comparar valores, compreender as flutuações do mercado e só fazer uma proposta se estiveres verdadeiramente confortável com o valor pedido.

5. Atenção às condições do prédio

A estrutura do prédio é tão importante quanto a da casa. É preciso verificar se está bem cuidado por fora e por dentro, se tem problemas na parte elétrica e nas varandas, se o elevador funciona bem, entre muitos outros detalhes.

6. A localização é importante

Por mais que te apaixones por uma casa ou apartamento, deves sempre ter em conta o impacto que a localização da mesma vai ter no teu dia a dia. É fundamental perceber se há uma boa rede de transportes e comércio, supermercado ou farmácia, escolas ou mesmo parques infantis.

É ainda essencial calcular o tempo que demorarias em deslocações entre o trabalho e a casa. Procura perceber se a zona envolvente, como por exemplo estar perto da praia, compensaria o tempo perdido no trânsito.

7. Compra um imóvel com a razão e não com a emoção

Esta é a última dica da D&S. “Num investimento que envolve valores tão elevados quanto a compra de um apartamento ou casa, o coração não pode ser quem decide”, aponta a imobiliária. É a casa dos teus sonhos, mas está uma zona com falta de segurança ou todos os dias vais perder duas horas no trânsito? O melhor é pesar os prós e contras.