Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

MELOM fez 200.000 obras nas casas dos portugueses na última década

A marca celebra o décimo aniversário no país e revela planos de expansão internacional.

MELOM
MELOM
Autor: Redação

A Melom, empresa especializada nas áreas da reabilitação e construção de imóveis, está a celebrar 10 anos de operação no país. Ao longo da última década, foi responsável por cerca de 200.000 obras em casa dos portugueses e também deu os primeiros passos na internacionalização, na vizinha Espanha. Destaca como uma das principais conquistas a profissionalização do setor e a criação de “standards de qualidade”, e revela querer ir mais longe, para chegar a outros mercados europeus.

“Nos últimos 10 anos tivemos como missão profissionalizar o setor das obras em casa, com um conceito pioneiro em Portugal, que tinha um objetivo muito concreto: fazer com que os portugueses confiassem as suas obras (mesmo que pequenas) a profissionais. Variáveis como qualidade, cumprimento de timings, garantia uma oferta que foi conquistando clientes e novos franchisados, permitindo que hoje tenhamos uma rede que cobre a maioria do território nacional", comenta João Carvalho, diretor-geral da Melom, citado em comunicado.

Atualmente a Melom, juntamente com a Querido Mudei a Casa Obras (QMACO), especializada em pequenas intervenções, contabilizam 156 franchisados, sendo 650 o número de pessoas que trabalham diretamente para as insígnias, ou seja, equipas de gestão das unidades franchisadas, com a Melom a representar 426 desses profissionais e o QMACO os restantes 224.

França é o “objetivo seguinte”

Espanha foi o país escolhido pela Melom em 2018 para dar os primeiros passos na internacionalização. Nestes dois anos, a empresa implementou a marca e a operação, tendo selecionado um novo parceiro que representará a Melom os próximos 10 anos para a região de Madrid, algo que permitirá à marca procurar e selecionar masters para outras regiões de Espanha. Atualmente, na comunidade de Madrid, tem cerca de 20 franquias em carteira e estima obter uma faturação próxima de um milhão de euros neste primeiro ano de transição para um master local. A marca revela querer consolidar a sua posição em Espanha e chegar a outros mercados europeus, nomeadamente França.

“A Melom tem como objetivo a expansão do conceito internacionalmente, tendo como foco principal o mercado europeu. Espanha e França, países que já têm relação com empresas do Grupo, são mercados-alvo da rede numa primeira fase”, revela o comunicado.