Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Construção civil

Últimas notícias sobre "Construção civil" publicadas em idealista.pt/news

Acionistas da Mota-Engil aprovam aumento de capital até 100 milhões de euros

Os acionistas da Mota-Engil deram “luz verde” ao Conselho de Administração para deliberar um aumento de capital de 100 milhões de euros, segundo um comunicado divulgado pelo grupo esta quinta-feira (7 de janeiro de 2021). A autorização para a administração do grupo poder avançar com o aumento de capital reservado a acionistas, que permitirá à chinesa China Communications Construction Company (CCCC) – a quarta maior construtora do mundo – ficar com 30% da empresa portuguesa, foi aprovada com 99,46% de votos.

Notícia sobre:

Setor da construção fecha 2020 a crescer 2,5%

O setor da construção fechou o ano 2020 a crescer 2,5%, tendo “vindo a demonstrar uma elevada resiliência aos constrangimentos causados pela pandemia da Covid-19”, revelam, em comunicado, as duas principais associações do setor, a AICCOPN e a AECOPS. Em causa está um acréscimo do valor bruto da produção do setor da construção para 13.739 milhões de euros.

Notícia sobre:

Construção, um setor que dá sinais de estar resiliente à Covid-19

Portugal perdeu com a pandemia, entre o primeiro e terceiro trimestre do ano, 66.000 empregos (em termos líquidos). O setor da construção parece ter escapado, no entanto, a esta tendência, tendo dado sinais de resiliência: foram criados 5.300 empregos durante esse período. Os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), conhecidos em novembro foram ao encontro dos divulgados um mês antes pelo Banco de Portugal (BdP), que considerou que o setor da construção está a mostrar uma “assinalável resiliência”, conseguindo manter-se “insulado dos fortes impactos negativos da crise pandémica”.

Notícia sobre:

Mota-Engil ganha obras de 354 milhões no Ruanda e 72 milhões na Polónia

A construtora Mota-Engil, que arrecadou 169,4 milhões de euros com venda de 23% da sua posição aos chineses da China Communications Construction Company (CCCC), ganhou recentemente dois novos contratos: um relativo a obras no Ruanda, de 425 milhões de dólares (354 milhões de euros), e outro na Polónia, de 72 milhões de euros

Notícia sobre:

Construção e imobiliário fintam a crise e planeiam manter postos de trabalho

O setor da construção e atividades imobiliárias parece estar a conseguir fintar a crise pandémica. Isso mesmo mostram os dados divulgados esta quinta-feira (26 de novembro de 2020) pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). Segundo os mesmos, apenas 2% das empresas do setor tencionam concorrer aos fundos do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), bem menos que as empresas do setor da indústria e energia, que lideram o ranking (12%). A maioria das empresas (60%) diz que não tem intenção de concorrer aos fundos. E mais: o grosso das companhias do setor da construção e atividades imobiliárias planeia manter os postos de trabalho este ano e em 2021.

Notícia sobre:

Trabalhos adicionais nas obras públicas custaram 61 milhões - TC pede “maior rigor” nos projetos

Os contratos adicionais de obras públicas, resultantes de trabalhos a mais ou para correção de erros/omissões, custaram 61 milhões de euros ao Estado entre 2017 e 2020. O Tribunal de Contas (TdC) "recomenda aos donos de obras públicas maior rigor na elaboração de projetos e na interpretação do que são circunstâncias imprevistas que possam justificar trabalhos adicionais".

Notícia sobre:

Vila de Arruda dos Vinhos vai ter um Campus da Saúde – custará 20 milhões de euros

A Santa Casa da Misericórdia de Arruda dos Vinhos e um grupo privado ligado à saúde vão construir um Campus da Saúde na vila do distrito de Lisboa. Em causa está um investimento de cerca de 20 milhões de euros, disse esta quarta-feira (18 de novembro de 2020) o provedor, Calos Lourenço, acrescentando que o mesmo vai criar 100 postos de trabalho diretos. O nome do parceiro privado não foi, no entanto, revelado.

Notícia sobre:

Neurociência para gerir pessoas e negócios na construção: dstgroup vai formar trabalhadores

Depois da filosofia, a neurociência. A inciativa parte mais uma vez da empresa de engenharia e construção dstgroup, que irá arrancar esta semana com um plano de formação e small talks, destinado a promover o conhecimento na área da neurociência, da emoção e da razão junto dos seus trabalhadores. As 16 sessões online, têm como objetivo “dotar, reforçar e otimizar as competências comportamentais dos seus trabalhadores, a maioria dos quais formados em áreas técnicas e de engenharia”.

Notícia sobre: