Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

A particular arquitetura comunista que ainda sobrevive em muitas cidades da Sibéria

Uma obra do fotógrafo Alexander Veryovkin.

Exterior
Circo de Krasnoyarsk / Alexander Veryovkin/Zupagrafika
Autor: Redação

A arquitetura do modernismo socialista ainda pode ser encontrada em centenas de cidades na atual Rússia. Decidimos "percorrer" várias cidades siberianas, através das lentes do fotógrafo russo Alexander Veryovkin.

O modernismo socialista é caracterizado por uma expressão poderosa e um exotismo que agora desperta interesse entre os especialistas. O fotógrafo Alexander Veryovkin descobriu o ambiente urbano de seis cidades siberianas: Novosibirsk, Omsk, Krasnoyarsk, Norilsk, Irkutsk e Yakutsk no seu último livro, fornecendo uma perspetiva sobre a arquitetura do pós-guerra na ex-URSS.

As influências socialistas e soviéticas nesta arquitetura brutalista podem ser vistas desde edifícios residenciais a edifícios públicos e sedes de empresas nacionais. Tudo num ambiente extremo como o da Sibéria, onde se vive com temperaturas que frequentemente chegam aos 30 grau abaixo de zero.