Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Megamansão The One continua a baixar preço estratosférico: agora vende-se por 192,5 milhões

O preço inicial rondava os 500 milhões de dólares (427,8 milhões de euros).

Megamansão The One
Arquitectural Digest/Douglas Friedman
Autor: Redação

O sonho do excêntrico promotor imobiliário Nile Niami parece estar a tornar-se nublado com o tempo. A ideia era vender esta espetacular mansão de mais de 9.700 metros quadrados (m2) 21 quartos e 42 casas de banho por una impressionantes 500 milhões de dólares (427,8 milhões de euros), mas a verdade é que a The One acabou num leilão judicial que baixou o preço da venda para metade: 225 milhões de dólares, cerca de 192,5 milhões de euros à taxa de câmbio atual.

Conforme noticiado pelo Los Angeles Times, a administração judicial que tomou posse da casa, após dívidas da promotora, de mais de 100 milhões de dólares, baixou o preço de 500 milhões para os 335, e agora para metade, 225 milhões.

Arquitectural Digest/Douglas Friedman
Arquitectural Digest/Douglas Friedman

A megamansão The One está localizada na urbanização exclusiva de Bel-Air. Demorou cerca de sete anos par ser construída, entre atrasos burocráticos, problemas de construção e financiamento da promotora. Esta casa espetacular foi desenhada pelo arquiteto Paul McClean, que construiu a casa de Beyoncé e Jay-Z.

Além da enorme piscina de horizonte infinito, a casa conta com cinema, jacuzzi, ginásio, adega com capacidade para 10.000 garrafas, salão de beleza, discoteca privada, pista de bowling e até casino, com cinco elevadores interiores e garagem com 30 lugares de estacionamento.

A progressão da construção do The One e os seus problemas e atrasos têm sido notícia há anos. Esta megamansão é a irmã mais velha da Opus Beverly Hills, outra das mansões de milhões de Niami.