Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

EUA

Últimas notícias sobre "EUA" publicadas em idealista.pt/news

Casa nova de Rihanna

Rihanna compra luxuosa mansão em Beverly Hills por 11,3 milhões

Notícia sobre:

Restaurantes e hotéis têm novos usos – Out of Office converte-os em novos espaços de trabalho

Há uma startup portuguesa que viu na dificuldade sentida pelos restaurantes, hotéis e espaços culturais uma oportunidade. Os largos períodos de confinamento motivados pela pandemia da Covid-19 reduziram os clientes nestes espaços e, em consequência, a faturação. E por que não dar-lhes uma nova vida transformando-os em novos espaços de trabalho?! Este é o propósito da startup portuguesa Out of Office.

Notícia sobre:
Booking/The Friends Experience

Friends regressa com novo episódio e surpresas – e já é possível ficar nas casas da mítica série

Notícia sobre:
Anthony Barcelo/Simon Berlyn

Sylvester Stallone baixa preço da sua incrível mansão em Los Angeles

A estrela de Hollywood Sylvester Stallone decidiu apostar todas as fichas na venda da sua incrível mansão em Beverly Park, baixando o preço de venda em cerca de 25 milhões de dólares, o equivalente a 20,5 milhões de euros de acordo com a taxa de câmbio atual. Agora, esta mansão está no mercado por 85 milhões de dólares (cerca de 70 milhões de euros). 
Notícia sobre:

Los Angeles: ‘boom’ imobiliário em plena pandemia

O mercado residencial dos EUA parece estar a dar boa resposta à incerteza causada pela pandemia da Covid-19. Em Los Angeles, por exemplo, a venda de casas por preços superiores a 10 milhões de dólares (8,2 milhões de euros) aumentou 26% num ano, em 2020 face a 2019. E mais: foram transacionados 155 imóveis, mais que os 123 verificados no ano anterior. Em causa estão dados da consultora imobiliária Knight Frank.

Notícia sobre:
Nicholas Property Group

Esta casa futurista está à venda por 7,8 milhões e esconde um interior incrível

Notícia sobre:

Volta ao mundo: preços das casas sobem em flecha durante a pandemia – compradores estão em pânico

O cenário da pandemia da Covid-19 levou o mercado imobiliário global a preparar-se para o pior. O confinamento fechou negócios e muitas empresas não aguentaram e encerraram a atividade, deixando milhões de pessoas no desemprego. Face à redução de rendimentos, também foram várias as famílias a pedir moratórias de créditos à habitação. Os especialistas começaram a pintar um cenário negro, prevendo que o número de casas colocadas no mercado deveria aumentar ora pela impossibilidade de pagar os créditos, ora pela urgência em obter capital. Em resultado, seria de esperar que os preços das casas caíssem a nível global. Mas o que está a acontecer afinal?

Notícia sobre:

Nova Iorque perdeu 110 mil habitantes em 2020 – o que se espera na retoma?

Os efeitos da pandemia da Covid-19 em muito se fizeram sentir nos Estados Unidos (EUA). Este é mesmo o país mais afetado do mundo quer em número de mortes (585.708), quer em número de casos (32.924.303), segundo os dados mais recentes apurados pela agência France-Presse. E este cenário refletiu-se na população dos grandes centros urbanos, como é o caso de Nova Iorque, que só em 2020 perdeu 110 mil habitantes.

Notícia sobre:
Engel & Völkers Scottsdale

Steven Seagal vende mansão “à prova de bala” no Arizona por 2,9 milhões

Notícia sobre:
Alice Gao/Goodtime Hotel

Este é o novo hotel 'art déco' do cantor Pharrell Williams em Miami

Notícia sobre: