Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Dicas para fazer obras em casas antigas

Pinterest
Pinterest
Autor: Redação

Fazer obras numa casa antiga pode não ser tão complexo como se pensa. Mas há passos a seguir e cuidados a ter que podem ajudar (e muito) na reabilitação de um imóvel. Ajudamos-te nessa tarefa. 

A malha urbana portuguesa é caracterizada de alguma forma por um desenvolvimento habitacional algo desorganizado e antigo, ao longo dos tempos. Atualmente, tem-se verificado que os processos de reabilitação urbana dão resposta a um crescente e, cada vez mais necessário, número de objetivos, tais como a preservação do edificado e do espaço público, mobilidade urbana e sustentabilidade. Estamos perante um processo multidimensional cada vez mais complexo. Assim sendo, o processo da reabilitação urbana deverá compreender uma perspetiva multidimensional englobando tanto a revitalização dos edifícios antigos como o espaço público, com o objetivo primeiro de incrementar a qualidade de vida das populações.

Com a ajuda da MELOM*, empresa especializada e líder em remodelação de imóveis, damos-te algumas dicas que podem ser muito úteis para dar “nova vida” a uma casa. Este artigo procurará indicar os cuidados especiais a ter na reabilitação das casas, contribuindo assim para uma renovação, cada vez mais necessária, do urbanístico das cidades.

A reabilitação de uma casa antiga requer cuidados especiais pelas suas características tanto funcionais, como estéticas ou construtivas. São intervenções que necessitam de uma correta avaliação do estado do imóvel, meticulosa identificação de patologias, elaboração de soluções ajustadas a adotar e formulação de eventuais hipóteses de intervenção, com o objetivo de reduzir possíveis resultados inesperados ou menos agradáveis que possam surgir no processo de renovação.

Num setor cada vez mais competitivo como o da construção, torna-se fundamental a contratação de uma empresa de construção experiente na área, com uma grande capacidade de avaliação, rigor técnico e elevado conhecimento sobre vários métodos construtivos, com vista ao estabelecimento de laços de confiança e consequente garantia do trabalho executado. 

Obra realizada pela Melom Urbana / Melom Urbana
Obra realizada pela Melom Urbana / Melom Urbana

Como fazer uma primeira avaliação das obras que vais precisar sem grandes surpresas no orçamento

É necessário proceder à análise inicial do imóvel com vista ao levantamento do estado atual existente com acompanhamento individual de um arquiteto, algo que é imperativo e fundamental. O arquiteto, além de analisar as características construtivas essenciais do imóvel e identificar os elementos de exceção a conservar, vai definir o projeto de forma a que a nova proposta de organização e/ou decoração se possa adaptar às necessidades atuais de conforto e exigências da vida atual.

Na realidade portuguesa, onde o setor da construção sempre foi visto como motivo de desconfiança e amadorismo, criou-se a ideia (fictícia) que recorrer a um arquiteto será visto como um luxo, pois sai caro, mas tal não é verdade! O arquiteto poderá ajudar-te a investir no imóvel de forma inteligente, valorizando o edifício, permitindo que o custo da obra seja bastante inferior à valorização final do mesmo, ajudando a preservar a relação custo-benefício.

Pinterest
Pinterest

Como aproveitar materiais antigos e restaurar

Para fazer uma obra visualmente apelativa e, ao mesmo tempo, economizar, torna-se necessário olhar ou equacionar o aproveitamento dos materiais antigos ou existentes. O restauro é um dos processos mais utilizados, que permite tratar, recuperar e reutilizar materiais antigos, inserindo-os numa proposta atual, diferenciada e que revelam uma capacidade ímpar de enquadrar linhas estéticas únicas no projeto de renovação.

Pinterest
Pinterest

As oportunidades são diversas, desde aproveitar alguns materiais existentes em pontos específicos, restaurar alguns elementos e utilizá-los em contextos diferentes ou somente tratar e aplicar uma tonalidade. Todas podem ser formas eficazes de personalizar o espaço.

Pinterest
Pinterest

O que saber sobre paredes mestras e sobre como mudar a disposição da casa

No projeto de remodelação de uma casa em que se pretenda alterar ou eliminar paredes, é fundamental analisar bem o material de que são feitas as paredes. Se se tratam de tabiques, cuja função é a de separar e acondicionar os espaços, ou se, por outro lado, se tratam de paredes estruturais ou de carga. Esta questão é especialmente importante na remodelação de um edifício antigo, anterior a 1950, por exemplo. São estas tipologias arquitetónicas as que habitualmente são encontradas em grande parte das renovações atuais. A parede de carga é a que possui uma função estrutural, ou seja, as que trabalham de maneira interdependente com os outros elementos estruturais como arcos, abóbadas, vigas ou cobertura para sustentar o edifício.

A reorganização espacial é fundamental na reabilitação de uma casa antiga, pelo que o conhecimento dos sistemas construtivos utilizados é fundamental na hora de projetar a obra, para que não haja danos estruturais provocados pela própria intervenção. As necessidades espaciais são atualmente bastante diferentes das que outrora eram praticadas. Hoje, as demolições interiores são essenciais para o aumento de áreas de espaços comuns, permitindo que a casa seja um espaço amplo e aberto dando origem a um conceito que se tem vindo a acentuar cada vez mais na reabilitação, pelo ganho de espaço e luminosidade, o open space. 

Algumas tendências/ideias para tornar a sua casa mais moderna 

A forma de criação de espaço que acolhe várias divisões traduz-se num conceito privilegiado atualmente no design e arquitetura de interiores. Alguns aspetos já se tornaram comuns no âmbito não só das reabilitações como nas remodelações de um modo geral. 

Quem nunca sonhou com uma cozinha ampla, cheia de luz e espaço? É difícil não gostar de uma cozinha com espaço de bancada em ilha ou península, atualmente muito apreciadas por potenciarem a convivência. Além disso, as cozinhas abertas acrescentam um toque de modernidade à casa, o que aumenta o seu valor no contexto de uma potencial venda posterior. Ou uma sala ensolarada de traços modernos e minimalista? Uma casa de banho totalmente adaptada ao gosto dos proprietários com louças modernas que seguem as tendências de desenho num futuro próximo?

Espaços como cozinhas americanas, closet’s ou casas de banhos espaçosas e relaxantes são hoje áreas recorrentes na criação e transformação de interiores, que surge como uma resposta às exigências das vidas atuais na cidade. Aqui, uma vez mais, torna-se necessário o acompanhamento feito por um arquiteto que é um conhecedor ávido das tendências atuais e futuras, não só na construção, mas nos fornecedores, de forma a poder propor um investimento que é rigoroso, mas que tem o valor e benefício que o cliente procura.

Pinterest
Pinterest

Alguns outros aspetos importantes para renovar uma casa antiga com custos controlados

- Alterar cores das paredes;
- Aplicar tinta de esmalte em portas, roupeiros, armários, etc;
- Alteração de pavimento;
- Substituição de revestimentos de casas de banho e louças sanitárias;
- Alteração de móveis de cozinha e reconfiguração do espaço;
- Reciclagem de mobiliário, etc.

Pinterest
Pinterest

*Este artigo teve o apoio técnico da MELOM Urbana (Matosinhos)