Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Dicas para transformar o sotão num magnífico lugar

Um espaço bonito, que nem parece um sotão
Um sotão ou um quarto? / Eckhart Matthäus, Wertingen
Autor: Redação

Já olhaste para o teu sótão e imaginaste as formas possíveis de usufruir deste espaço? As funções podem ser imensas, apesar de o mais comum (e prático) ser transformá-lo numa zona de arrumações. Também é habitual torná-lo num lugar de convívio, com mesas de jogos ou uma área de bar. O ideal será pensar neste espaço como algo que pode e deve ter personalidade. Afinal, transformar o sótão pode ser algo rápido e simples, bastará ser pragmático e analisar a área a mudar. 

Com a ajuda da MELOM*, empresa especializada e líder em remodelação de imóveis, o idealista/news dá-te alguns truques para otimizar o espaço. Eis o que não deves perder de vista:

A luz do espaço

Em primeiro lugar, começa por verificar se a luz natural é suficiente para estar no sótão durante o dia. Caso não seja, podes optar por uma abertura de janelas no telhado ou na lateral da habitação/prédio (com as devidas autorizações) e escolhe a melhor orientação para captação solar. 

Este exemplar foi transformado num quarto
Exemplo de um sotão com boas fontes de luz natural / Gtres

Hoje em dia, há imensas soluções fáceis de instalar e utilizar. As janelas de sótão basculantes são uma ótima opção – têm um ar elegante e são a forma mais rápida e eficaz de receber luz natural, permitindo a circulação de ar (diminuindo a sensação de estarmos envolvidos por um telhado). Dependendo da estrutura do telhado, que merece uma avaliação e aconselhamento técnico, a solução pode ainda passar por uma clarabóia ou iluminação artificial. 

A cor das paredes

A escolha da cor das paredes é importante – principalmente nas paredes exteriores e nos tetos. Por exemplo, uma cor clara reflete a radiação solar e evita o aquecimento dos espaços interiores.

Uma zona de estar e de descanso
As cores claras são ideais para estes espaço / Pinterest

O isolamento 

O isolamento, interior e exterior, é outro fator a ter em conta (e onde não se deve poupar) na remodelação de um espaço/casa. Além do conforto, irás poupar muito na climatização

Atualmente, há uma tendência para a instalação da ‘janela-varanda’. Não te esqueças é que, em qualquer escolha, o vidro deve ser duplo e as caixilharias com corte térmico. No caso das janelas, devem contemplar uma cortina que, só por si, controla a luz e os insetos, além de ajudar no isolamento do calor. 

Este com janela-varanda
Um sótão com 'pinta' / Pinterest

A qualidade do ar tem uma grande importância e pode ser controlada por sistemas de temperatura com regulação. Sendo os telhados responsáveis pela saída de calor no inverno e entrada no verão, a ventilação deve ser tida em conta de forma a prevenir a humidade e a poluição do espaço. 

O mobiliário

Já na hora de decidir o mobiliário, deves optar por móveis produzidos à medida da necessidade de arrumação, tendo em conta os cantos e ângulos que, normalmente, os sótãos apresentam. Todos os cantos podem ser aproveitados com peças de mobiliário ou decorativas, mas muitas vezes o segredo do sucesso é um espaço simples e temático.

A cama foi colocada num canto
Um bom aproveitamento do espaço / Eckhart Matthäus, Wertingen

Reaproveitar o sótão por si só já é um sonho. E depois de todas estas questões vem a parte divertida: partilhar o espaço com familiares e amigos. 

*Este artigo teve o apoio técnico da MELOM Premium (Leiria)