Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Porto Design Biennale 2021 realiza-se de 2 a 25 de julho – e já tem programa fechado

O evento chama a atenção para problemas coletivos como a sustentabilidade ambiental e a exclusão social.

Porto Design Biennale
Porto Design Biennale
Autor: Redação

Aquela que é a segunda edição da Porto Design Biennale (PDB’21) realiza-se de 2 e 25 de julho nas cidades do Porto e Matosinhos. O programa da iniciativa já está fechado e conta com 49 atividades que pretendem estimular o interesse do 'design' na promoção novos discursos e práticas, que integrem a capacidade de delinear soluções inovadoras para problemas coletivos, como são o caso da sustentabilidade ambiental e exclusão social.

Ao longo do evento decorrerão exposições, conferências, workshops e publicações propostas pelo curador geral Alastair Fuad-Luke. Esta edição quer estimular a participação de todos — cidadãos, visitantes, profissionais e amantes do 'design' —, para que seja possível gerar “alianças estratégicas e efetivas para a construção de comunidades de mudança”, revela a organização em comunicado enviado às redações.

Um dos eixos do PDB’21 é a exposição Museu da Matéria Viva, onde o 'design' é chamado a olhar a nossa relação sustentável com todos os seres vivos. Outra iniciativa é o designado Cuidado Radical: Arquiteturas de Amor e Reciprocidade, que vai reunir histórias de práticas que contribuem para aumentar os níveis de cuidado e de amor no planeta e sobre o planeta, resistindo ao cinismo e à irresponsabilidade tóxica.

Ainda no espaço do físico, Habitar 424, com curadoria do Assemble Studio (Reino Unido) e do El Warcha (PT), vai pôr em marcha um ‘workshop’ desenvolvido por e para a comunidade sem-abrigo do Porto. O projeto tem o objetivo de reconceptualizar o entendimento comum dos sem-abrigo, proporcionando ao mesmo tempo crescentes recursos comunitários para o futuro.

Na versão online do evento estará disponível a exposição Linhas Invisíveis que apresentará um olhar sobre o processo de gentrificação e nova guetização da cidade com recurso à Big Data.

A Porto Design Biennale contemplará ainda dois espaços especialmente vocacionados para o debate: uma série de podcasts direcionados para a as ideias lançadas pelo programa (Vozes do Atelier, com curadoria de André Cruz) e o ciclo Conversas às Sexta: Perpectivas Periféricas, que propõe um conjunto de colóquios participados por académicos interdisciplinares, pensadores não académicos, 'designers', artistas visuais e performativos e cidadãos.

O programa central do evento apresentado junta-se aos já anunciados programa francês, Autre, e ao ciclo de actividades satélites seleccionadas a partir do open call lançado pelo evento.

A edição 2021 da Porto Design Biennale é promovida pelos municípios de Porto e Matosinhos e organizado pela esad–idea, Investigação em Design e Arte. O grande desafio do evento para este novo ano é o de convocar a sociedade, a academia, a indústria, as instituições e os agentes culturais para uma reflexão dinâmica sobre a construção de um futuro “glocalizado”.

Podes consultar o programa completo aqui.