Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Dream Up, o programa inclusivo que apoia a veia artística de crianças lisboetas

Programa da Fundação BNP Paribas beneficiará 240 crianças dos bairros do Rego, Vale de Chelas, Alta de Lisboa e Vale de Alcântara.

Programa inclusivo Dream Up
Foto de Allan Mas no Pexels
Autor: Redação

Chama-se Dream Up e é um programa educativo da Fundação BNP Paribas que vai apoiar o projeto Bairros: Workshops Artísticos Comunitários Iminente com 20.000 euros por ano, até 2024. Beneficiará 240 crianças e adolescentes dos bairros do Rego, Vale de Chelas, Alta de Lisboa e Vale de Alcântara, em Lisboa, e o objetivo é desenvolver uma sociedade mais inclusiva e promover a visibilidade da arte local. 

Segundo o Público, no último fim de semana decorreram dias abertos com a presença de artistas que participam na iniciativa, algo que se repetirá este fim de semana. 

Citada pela publicação, Luciana Peres, diretora de Responsabilidade Social Corporativa, Diversidade e Inclusão do BNP Paribas Portugal, revelou que a escolha do projeto Bairros deve-se “ao impacto que este poderia ter na sociedade e ao trabalho com grande proximidade que as associações envolvidas [Associação Geração com Futuro, Associação Passa Sabi, Associação de Moradores PER 11 e Espaço Comunitário do Loureiro – Projeto@tivar4G] têm vindo a fazer”. Através desta ajuda, as associações poderão “tornar-se mais auto-sustentáveis e angariar novos parceiros”, explicou.

O projeto, que conta com o apoio do Iminente, da Fundação Aga Khan e da Câmara Municipal de Lisboa, já organizou workshops ligados ao artesanato, à música e à fotografia este verão. Para Carla Alves, tesoureira da Associação Geração com Futuro, é crucial dinamizar atividades das mais diferentes áreas artísticas, de forma “a despertar novos interesses nas crianças e a descobrir talentos”. 

O Bairros: Workshops Artísticos Comunitários Iminente traz novas dinâmicas às comunidades e aos artistas que o desenvolvem, promovendo a cultura urbana, escreve a publicação, salientando que o Dream Up, que abrange 29 países onde o Grupo BNP Paribas está presente, ajudou mais de 50 mil jovens e contou com um orçamento de três milhões de euros nas edições anteriores.