Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Um mural de 70 metros em Lisboa cheio de arte

Parallel Review está de volta a Lisboa com exposição e oficinas de fotografia. A partir desta quinta-feira, 9 de setembro.

©CHARLOTTE MANO, Sem título, Thank you Mum, 2018  / Cortesia de Procur.arte
©CHARLOTTE MANO, Sem título, Thank you Mum, 2018 / Cortesia de Procur.arte
Autor: Redação

A Parallel Review, uma plataforma europeia de fotografia contemporânea, está de volta a Lisboa. Na edição de 2021, um mural de 70 metros vai receber a exposição retrospetiva com 42 obras de 29 artistas, que poderá ser vista a partir desta quinta-feira, 9 de setembro, e até 31 de outubro, no exterior do Mercado de Alvalade. Também haverá espaço para conversas e workshops de fotografia.

A exposição ‘Extended Atlas’, com curadoria de Sandra Vieira Jürgens, reúne uma vasta seleção de obras de artistas participantes nas exposições e iniciativas nacionais e internacionais da Parallel, desde 2017, entre elas dos portugueses Inês Marinho, José Alves e Nuno Barroso. O evento arranca esta quinta-feira, às 18h00, no Mercado de Alvalade, e estará patente até 31 de outubro.

©EMANUEL CEDERQVIST E AXEL HAMBERG, Apparatur, The Margin of Error, 2019 / Cortesia de Procur.arte
©EMANUEL CEDERQVIST E AXEL HAMBERG, Apparatur, The Margin of Error, 2019 / Cortesia de Procur.arte

“O grande mural que recebe a exposição representa uma incursão na cidade das surpreendentes interpelações atuais da fotografia, de que pretendemos dar visibilidade alargada”, refere a curadora, citada em comunicado. “O mural que a todos convoca é uma extensão do nosso olhar e uma inscrição, no corpo citadino, da infinita plasticidade da arte fotográfica”, acrescenta.

No sábado, dia 11 de setembro, no jardim do Museu de Lisboa, Palácio Pimenta, a associação Tira-Olhos convida toda a gente a desacelerar e a criar com e a partir da natureza, num dia dedicado a workshops de fotografia como a cianotipia, antotipia, luminogramas, e ainda ao fabrico de papel reciclado. Simultaneamente, no Pátio das Tílias, haverá uma tarde de conversas com o mote’ Changing Times: Art Facing a New World’ e com a curadoria de Mafalda Duarte Barrela.

Os workshops têm um limite máximo de 6 pessoas por sessão e é aberto a participantes com pelo menos 15 anos. Cada sessão tem um custo de 5€, são abertas a todo s e a inscrição é obrigatória, neste link.

A Parallel Review foi desenhada e é gerida pela Procur.arte, associação cultural situada em Lisboa, e é co-financiada pelo programa Europa Criativa da Comissão Europeia.

Algumas fotografias da 'Extended Atlas':