Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Dciap

Últimas notícias sobre "Dciap" publicadas em idealista.pt/news

Operação Furacão: 800 arguidos e 180 milhões recuperados mais de uma década depois

Até agora e depois de mais de uma década de investigações, a Operação Furacão soma 792 arguidos, 164 inquéritos instaurados, 160 pessoas acusadas pelo Ministério Público (MP) e 180 milhões de euros recuperados pelo Estado. Em causa estão os dados do balanço da operação feito pelo Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP).

Notícia sobre:

Crimes em negócio imobiliário levam Mesquita Machado a ser arguido no “Caso das Convertidas”

O ex-presidente da Câmara Municipal de Braga, Mesquita Machado, foi constituído arguido no âmbito do designado “Caso das Convertidas”, estando indiciado pelos crimes de participação económica em negócio e prevaricação. Em causa está a alegada expropriação por utilidade pública de um conjunto de imóveis adjacentes à Casa das Convertidas, na Avenida Central de Braga, por um valor superior ao que valeriam.

Notícia sobre:

Amigo de Sócrates tem património imobiliário de 5,5 milhões de euros

O amigo de José Sócrates que está em prisão preventiva, Carlos Santos Silva, tem um conjunto de casas avaliado em cerca de 5,5 milhões de euros. O Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), no âmbito da investigação ao ex-primeiro ministro socialista, está a analisar todo esse património imobiliário, para aferir se os imóveis são de Santos Silva ou se pertencerão a terceiros.

Notícia sobre:

Sócrates volta a ser interrogado hoje

José Sócrates foi detido sexta-feira à noite por inspetores da Autoridade Tributária, quando chegava ao aeroporto de Lisboa proveniente de Paris, no âmbito de um processo de suspeitas de fraude fiscal, branqueamento de capitais e corrupção. O ex-primeiro ministro (ocupou o cargo entre 2005 e 2011) esteve ontem a ser interrogado e volta a ser ouvido hoje, dia em que podem se conhecidas as medidas de coação dos quatro arguidos.

Notícia sobre:

Ricardo Salgado processado pelo Banco de Portugal

Suspeitas de burla, infidelidade e falsificação de documento. Estes são os primeiros indícios criminais que o Banco de Portugal recolheu da investigação à anterior gestão do BES, liderada por Ricardo Salgado, e que remeteu, em setembro, para o DCIAP, o departamento responsável pela investigação da criminalidade mais complexa e que está a investigar o Grupo Espírito Santo (GES).

Notícia sobre:

Casas de férias: DCIAP alerta para burlas em arrendamentos pela internet

Todo o cuidado é pouco quando se arrenda uma casa de férias através de um anúncio visto na internet. O alerta é deixado pelo Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP). “Poderá desconfiar logo de arrendamentos de casas que comparativamente importem o pagamento de um reduzido valor”, lê-se no site da entidade.

Notícia sobre:

Golden Visa: outro estrangeiro investigado

O Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) está a investigar dois cidadãos estrangeiros detentores de Vistos Gold (Golden Visa/Vistos Dourados) por suspeitas de branqueamento de capitais. Um dos casos já era conhecido, trata-se de um cidadão chinês detido no âmbito de um mandado de captura internacional emitido pela Interpol a pedido das autoridades chinesas. O segundo caso é relativo a um cidadão estrangeiro de outra nacionalidade.

Notícia sobre:

rumores

Notícia sobre:

dciap investiga privatização da edp e da ren

Notícia sobre:
  •  
  •